Embraer tenta reverter suspensão de assembleia de acionistas

A Embraer informou hoje (25) que está tomando todas as medidas judiciais cabíveis para reverter a decisão liminar da Justiça Federal tomada na última sexta-feira (22) que suspendeu a assembleia geral extraordinária dos acionistas da companhia convocada para amanhã. A assembleia iria colocar em votação a aprovação da negociação da empresa brasileira com a Boeing.

“A Companhia tomará todas as medidas judiciais cabíveis para reverter a referida decisão e manterá seus acionistas e o mercado informados acerca de quaisquer desdobramentos relevantes relativos à mesma Ação Civil Pública”, disse a Embraer em nota.

Na última sexta-feira, o juiz Victorio Giuzio Neto, da 24ª Vara Cível Federal de São Paulo, deferiu pedido de liminar proposto pelos sindicatos de metalúrgicos de São José dos Campos (SP), Botucatu (SP) e Araraquara (SP), e suspendeu a assembleia “até que as irregularidades legais apontadas sejam esclarecidas”.

Entre os apontamentos dos sindicatos está a possibilidade de fechamento de fábricas da Embraer no Brasil; o potencial conflito de interesses entre os administradores e acionistas já que o acordo prevê bônus e incentivos aos membros do Conselho de Administração da empresa na aprovação do negócio; e o ingresso de capital estrangeiro em uma suposta aquisição de empresa nacional.

Edição: Sabrina Craide

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!