Exchange de criptomoedas da Coreia do Sul declara falência após suposta fraude – Portal do Bitcoin

A Coinbin, exchange da Coreia do Sul de criptomoedas, anunciou que vai fechar, conforme nota em sua página oficial.

A exchange alega falência após ter sofrido um prejuízo de milhões de dólares, sendo grande parte causada por um ex-membro da equipe.

Outros fatores apontados para que a empresa do Coreia do Sul não tivesse dúvidas quanto ao encerramento foram, a falta de uma regulamentação e também dívidas oriundas da Youbit, exchange que a Coinbin assumiu no final de 2017 após a bolsa também ter decretado falência devido a roubos.

Park Chan-kyu, CEO da Coinbin, revelou que um funcionário, ex-CEO da Youbit e encarregado pelos fundos de criptomoedas na bolsa, desviou recursos da empresa.

Ele disse:

“Estamos nos preparando para pedir a falência devido a um aumento na dívida após a apropriação indébita de um empregado”.

O funcionário, segundo Park, moveu centenas de chaves privadas de bitcoin e intencionalmente se apropriou da chave de uma carteira Ethereum contendo mais de 100 unidades do criptoativo — o mesmo alegou que a chave havia sido perdida.

De acordo com o Business korea, a Coinbin se encontra em um prejuízo de 29,3 bilhões de won, cerca de US$ 26 milhões, o que em reais dá aproximadamente R$ 100 milhões.

Exchange cessou retiradas

A Coinbin suspendeu todas as retiradas de criptomoedas e dinheiro assim que fez publicação — na tarde do dia 20. A exchange pediu aos usuários para que eles não mais depositassem qualquer fundo.

“Por favor, não deposite nada a partir de hoje, não seremos responsáveis ​​pelo depósito. A liquidação por meio de fiat e criptomoedas será realizada por meio dos procedimentos de processo de falência”, diz a nota.

Alegando “risco moral do executivo corporativo”, a empresa disse que está motivada a recuperar os fundos e que fará boletins de ocorrências tanto na esfera cível quanto na criminal contra o executivo.

Caso de exchange canadense é parecido

O caso da Coinbin é bem semelhante ao da exchange de criptomoedas canadense QuadrigaCX, que também teve chaves de acesso a fundos perdidas.

Só que no caso da QuadrigaCX, o suposto detentor das chaves (fundador e CEO Gerald Cotten) morreu e parece que tudo está perdido.

Os fundos remanescentes, contudo, já estão na posse da Ernest & Young, escritório de auditoria nomeado pela Suprema Corte da província de Nova Escócia, no Canadá, para reter qualquer fundo localizado.

Leia também: “Estou de olho na InDeal”, diz delegado que fechou unidade da Unick Forex


Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

O post Exchange de criptomoedas da Coreia do Sul declara falência após suposta fraude apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!