USDCHF Testa Suporte e Pode Continuar em Alta no Diário – Investing.com

Olá, Investidor!

Uma semana mais agitada em se tratando de . Temos Trump em nova cúpula no Vietnã com o líder da Coreia do Norte. Espera-se muito que este encontro possa avançar no processo de desnuclearização dos coreanos. Em troca, se realmente for concreto, os EUA podem diminuir ou acabar com as sanções. Já para sua vizinha, a Coreia do Sul, fica a esperança de alívio nas tensões na fronteira e quem sabe até no fim oficial da guerra das Coreias, que perdura desde a década de 50.

Já no front das notícias tivemos o presidente do FED, Powell, sendo sabatinado no Congresso americano por 2 dias consecutivos. O Mercado ficou atento ao tom das suas respostas em busca de indicativas sobre a provável postura econômica do banco central dos EUA. Nada de novidade. Powell acredita que os EUA podem ter força suficiente para uma economia sólida ao longo de 2019, com bons índices de inflação e desemprego, mas a postura cautelosa (“dovish”) é mais para prevenir do que remediar. A Europa e a China já entraram em um cenário de desaceleração, portanto, uma postura mais branda do FED pode ser a ideal ao longo desse ano para não prejudicar o avanço da sua economia. Novos aumentos dos juros poderiam gerar conflito e criar algum risco desnecessário. Sendo assim, os juros americanos devem permanecer nos 2,5% ao ano.

Partindo-se para a nossa Análise Gráfica, destacamos o par (dólar x franco) no período diário. Podemos ver pela atual posição das médias, como o ativo se encontra em uma tendência de alta. No momento da análise, os preços testavam novamente a região de suporte entre 0.9995 – 0.9980, deixando uma grande sombra que pode indicar a entrada de compradores na região.

Se confirmada, a ponto de romper o nível em 1.0025, poderemos ter novas altas nos próximos dias até as últimas máximas em 1.0100.

Já na ponta vendedora, se caso o mercado perder esta última mínima do martelo em 0.9961, poderemos ter mais descidas até a próxima região de suporte em 0.9905, que também coincide com a proximidade da média móvel longa de 200 períodos aplicada ao fechamento.

Por fim, destacamos que nesta quinta, teremos os dados do PIB do 4º trimestre de 2018 dos EUA às 10h30. É uma notícia de alta relevância e poderemos ter volatilidade após a sua divulgação. A expectativa é de que venha na casa de 2,6%, bem abaixo dos 3,4% anteriores. Se confirmado, este cenário poderá apontar também um respingo de desaceleração global sobre a economia americana, provavelmente consequência da Guerra Comercial que se estendeu com a China ao longo de todo 2018.

Espero que esta análise possa ajudar nas suas Operações. Grande abraço!

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!