Sábado de carnaval no Rio terá mais de 70 blocos e dia chuvoso – Isto É

O sábado (2) de carnaval na cidade do Rio de Janeiro será com o dia chuvoso e temperatura em declínio, embora a cidade já tenha saído do estado de atenção, decretado pela prefeitura às 18h40 de ontem (1º), em consequência do temporal que atingiu a cidade, atrasando, inclusive, o início do desfile das escolas de samba do Grupo de Acesso, que mesmo assim se apresentaram debaixo de muita água. A chuva forte veio acompanhada de rajadas de ventos, relâmpagos e trovoadas, deixando não só a passarela do samba, na Marquês de Sapucaí, alagada, como, também ruas e avenidas de vários bairros da cidade. Niterói,

Neste sábado de carnaval, segundo a meteorologia, a Zona de Convergência de Umidade vai perder força no decorrer do dia. E a previsão é de céu nublado a encoberto, com chuva fraca a moderada pela manhã/tarde e a partir da noite, chuva fraca isolada. As temperaturas estão em declínio, com a máxima prevista de 29 graus Celsius (°C) e a mínima de 21°C.

Indiferente à mudança no tempo, mais de 70 blocos de carnaval farão a festa do folião hoje em toda a cidade. No Aterro do Flamengo, na zona sul, a festa começou cedo. Às 7h centenas de foliões do bloco Amigos da Onça já estavam concentrados para o desfile. Às 8h uma multidão já aguardava o início do desfile do mais tradicional dos blocos da cidade, o Cordão da Bola Preta. Agremiação fundada em 1918, e considerado o mais antigo bloco de carnaval do Rio.

O Cordão da Bola Preta desfila sempre pelas principais ruas do centro do Rio, ao som de sua principal marchinha: Quem não chora não mama / segura meu bem a chupeta / lugar quente é na cama / ou então no Bola Preta dá o tom na concentração da Bola Preta. Este será o desfile de número 101 do Cordão, que costuma reunir cerca de 2 milhões de pessoas pelas ruas do centro da cidade. O bloco iniciará seu desfile a partir da Avenida Presidente Antônio Carlos.

O sábado de carnaval terá também o bloco Céu na Terra, que se apresenta pelas ruas de Santa Tereza, a tradicional Banda de Ipanema, que desfila pelas ruas do bairro e este ano homenageia o compositor Paulinho da Viola; o Simpatia é Quase Amor, que desfila também pelas ruas e avenidas de Ipanema, na zona sul; o Barbas, em Botafogo; e o Carrossel de Emoções, que desfila na Barra da Tijuca ao ritmo do funk.


Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!