Imperatriz Leopoldinense apresenta bitcoin gigante no Carnaval do Rio de Janeiro – Portal do Bitcoin

Com o tema ‘dinheiro’, incluindo um bitcoin gigante na última ala, a escola de samba da cidade do Rio de Janeiro, Imperatriz Leopoldinense, foi a penúltima a desfilar no Sambódromo da Marquês de Sapucaí na madrugada de segunda-feira (04).

Mesmo com alguns incidentes que tiraram a paz dos carnavalescos Mário Monteiro e Kaká Monteiro, a Imperatriz seguiu firme com seus 2900 componentes nas cores verde branco e ouro até o final da apresentação.

Na última ala, foi revelada uma moeda gigante de Bitcoin — do lado oposto, o símbolo da Escola — a coroa do Primeiro Reinado, período no qual a Imperatriz Maria Leopoldina de Áustria reinou no Brasil.

“Nós pensamos num tema para a imperatriz que tivesse uma relação com o momento atual: 12 milhões de  desempregados, 60 milhões de inadimplentes, então nasceu esse tema do dinheiro”, disse o carnavalesco Mário Monteiro durante a transmissão do desfile pela Rede Globo.

Imperatriz destacou a crise financeira

A Imperatriz destacou a crise financeira e falou da relação do ser humano com o dinheiro desde a sua invenção até a época atual, terminando com o ‘dinheiro virtual’ e a Imperatriz do século 21.

A apresentação foi uma crítica bem-humorada à desigualdade social. A narrativa passa por vários períodos da humanidade: antigo, moderno, contemporâneo — até mesmo lendas como Robin Hood, mitologias e o personagem dos quadrinhos Tio Patinhas fizeram parte do tema carnavalesco “Me dá um dinheiro aí”.

“Se é pra poupar, o porquinho pode até ser virtual, hashtag no infinito, com cascalho eu tô bonito no espaço sideral”, dizia um trecho da letra escrita por Elymar Santos, Maninho do Ponto, Julinho Maestro, Dudu Miler, Márcio Perci e Jorge Arthur.

Crise afetou o Carnaval

Segundo o carnavalesco Mário Monteiro, do Departamento de Carnaval da Imperatriz, é ironia falar do dinheiro agora, com toda esta crise financeira que também afetou o Carnaval.

“Está sendo um trabalho desafiador, a relação do ser humano com o dinheiro é um enredo inédito no Rio. Estamos reaproveitando e otimizando todo o material que podemos para economizar”, disse ele ao IG em meados de janeiro deste ano.

Campeã, bicampeã e tricampeã

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense, ou simplesmente Imperatriz Leopoldinense, foi fundado em 6 de março de 1959 e desfilou pela primeira vez em 1960.

No entanto, a agremiação só começou a ser notada 12 anos mais tarde, quando foi tema de uma novela da Rede Globo.

A Escola de Samba foi campeã pela primeira vez em 1980 e repetiu o feito no ano seguinte, conquistando seu primeiro bicampeonato.

O outro título só veio oito anos mais tarde, em 1989. Conseguiu, então, novamente um bicampeonato nos anos 1994 e 1995 e, quatro anos mais tarde o tri, quando bateu todas as escolas de samba do Rio por três anos consecutivos, 1999, 2000 e 2001.


Negocie criptomoedas na 3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

O post Imperatriz Leopoldinense apresenta bitcoin gigante no Carnaval do Rio de Janeiro apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!