China abre caminho para FMI investir em seus mercados de capitais – Exame

Pequim – O regulador de valores mobiliários da China aprovou o Fundo Monetário Internacional (FMI) como “investidor institucional estrangeiro qualificado em yuans”, o que permitirá ao Fundo investir nos mercados de capitais do país, segundo comunicado divulgado nesta quinta-feira (7).

A cota estipulada ao FMI, no entanto, não foi especificada.

No fim de fevereiro, a China já havia autorizado mais de 200 investidores institucionais estrangeiros a entrar em seus mercados de ações e bônus por meio do sistema para investidores qualificados. No total, esses investidores têm permissão para aplicar até 660,47 bilhões de yuans (US$ 98,46 bilhões) nos mercados chineses. Fonte: Dow Jones Newswires.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!