Nubank capta R$ 500 milhões para financiar seu portfólio de recebíveis de cartão de crédito – Portal do Bitcoin

Em uma operação coordenada pela XP Investimentos e pelo Banco Votorantim, a fintech Nubank captou mais R$ 500 milhões por meio de Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC). O recurso será usado para financiar seu portfólio de recebíveis do cartão de crédito, reportou o Valor Econômico nesta quarta-feira (06).

De acordo com diretor financeiro do Nubank, Gabriel Silva, a demanda dos investidores foi maior do que a esperada. Isto fez com que a instituição diminuísse a taxa de remuneração do investimento, que está entre 114% e 115% do CDI (Certificados de Depósitos Interbancários).

Os CDIs são aplicações com prazos de 1 dia útil, cujo objetivo é aumentar a liquidez de uma determinada instituição financeira.

Segundo o Valor, as cotas do fundo captadas pelo Nubank terão prazo total de três anos, sendo 18 meses de carência seguidos de 18 amortizações mensais.

“Como já havíamos feito uma operação dessa antes, o investidor já nos conhece, sabe que temos um produto bom”, afirmou o executivo.

Silva ainda lembrou da operação realizada em dezembro de 2017, quando a fintech levantou R$ 250 milhões por meio do mesmo instrumento. Conforme apontou, esses investidores são Assets Management de grandes bancos.

Disse, também, que a captação foi feita para custear os cartões que estão no rotativo.

Nubank quer mais recursos

A empresa ainda estuda outras formas de levantar recursos, disse o executivo, que detalhou:

“Estamos avaliando outras maneiras, principalmente agora com a financeira do grupo, que conseguimos autorização no final do ano passado”.

Até agora, o Nubank já arrecadou US$ 420 milhões, cerca de R$ 1,6 bilhões, em sete rodadas de investimento. Dentre os investidores, estão grandes fundos como o Sequoia Capital, Tencent e Founders Fund.

N26 chega para concorrer

No final de fevereiro deste ano, foi anunciado que banco digital alemão N26 abriria uma subsidiária no Brasil, concorrendo, então, com o Nubank, considerando o modelo de empresa semelhante ao da fintech brasileira.

O anúncio foi feito pelo representante da empresa no Brasil, o diretor Eduardo Prota, que, na ocasião, também disse que o N26 estaria prestes a ‘embarcar’ nos Estados Unidos ainda neste semestre.

De acordo com o executivo, o banco digital alemão vai oferecer um pacote de serviços bancários acessíveis via dispositivos móveis por meio de uma parceria que ainda será formada com um banco brasileiro.

O N26 surgiu de uma startup homônima criada em 2013 em Berlim, na Alemanha. Hoje oferece seus serviços na maior parte da zona do euro e no Reino Unido.

“O N26 foi criado porque seus fundadores perceberam que os bancos não atendiam os millennials como deveriam. Trata-se de um público acostumado a resolver as coisas pelo mobile, mas que sofria com uma experiência bancária de antigamente, onde tudo é difícil e pouco transparente”, disse Prota, na ocasião, em entrevista ao Mobile Time.


Negocie criptomoedas na 3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

O post Nubank capta R$ 500 milhões para financiar seu portfólio de recebíveis de cartão de crédito apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!