Regulador chinês aprova 197 empresas de blockchain, incluindo Tencent, Alibaba e Baidu – Portal do Bitcoin

(Cointelegraph) – A administração do ciberespaço da China divulgou a primeira lista – contendo 197 empresas – de fornecedores de serviços blockchain registrados, de acordo com uma notícia de 30 de março.

Iniciativas chinesas de gigantes da internet, como Baidu Blockchain Engine, Alibaba Cloud Blockchain-as-a-Service (BaaS), Tencent BaaS (TBaaS) e a plataforma BaaS de propriedade do gigante do e-commerce JD.com, aparecem na lista. Instituições financeiras como o China Zheshang Bank e Ping An Insurance Company também estão incluídas.

Algumas empresas menos conhecidas, como a VeChain, serviço de gerenciamento de cadeia de suprimentos ativado por blockchain, e a ParcelX, serviço de entrega de encomendas, também estão presentes na lista. O artigo também observa que nenhuma instituição ou indivíduo tem permissão para usar blockchain para qualquer finalidade comercial.

A administração do ciberespaço chinês vai procurar por outros serviços que devem se registrar e “instituições relevantes e indivíduos que não cumpriram os procedimentos de apresentação devem solicitar o preenchimento o mais rápido possível”.

Como o Cointelegraph informou no início desta semana, a China está liderando o mundo no número de projetos blockchain atualmente em andamento no país.

Em outubro do ano passado, o Alibaba Cloud, braço de computação em nuvem do Alibaba Group da China, anunciou que está aprimorando sua oferta de BaaS fora da China.

*Conteúdo disponibilizado por parceria entre Portal do Bitcoin e Cointelegraph


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

O post Regulador chinês aprova 197 empresas de blockchain, incluindo Tencent, Alibaba e Baidu apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!