Financiamento para instalar termelétrica em Porto do Açu é concluído

A empresa Gás Natural Açu (GNA) anunciou a conclusão do financiamento de longo prazo para instalar a termelétrica UTE GNA 1. Com 1,3 gigawatts (GW) de capacidade, a usina será implantada no Porto do Açu, no município de São João da Barra, no norte do estado do Rio de Janeiro.

O financiamento envolve empréstimos de R$ 288 milhões junto à Internacional Finance Corporation (IFC), instituição vinculada ao Banco Mundial, e de R$ 1,76 bilhão junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em parceria com o banco alemão KfW IPEX.

A GNA é uma joint venture formada pela Prumo Logística, BP e Siemens. De acordo com a empresa, a UTE GNA 1 contribuirá para a diversificação da matriz energética brasileira e sua implantação fomenta o desenvolvimento local, gerando atualmente mais de 2,5 mil empregos.

A expectativa é de que a UTE GNA 1 dê início às suas operações em 2021. Também está prevista para 2023 a inauguração da UTE GNA II, que terá capacidade de 1,7 GW. As duas novas usinas farão com que o complexo termelétrico em Porto do Açu seja o maior da América Latina e  adicionarão 3 GW ao Sistema Interligado Nacional. Segundo a GNA, essa quantidade de energia é suficiente para atender cerca de 14 milhões de residências.

Edição: Denise Griesinger

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!