Rússia diz que comércio com Brasil caiu 15% nos primeiros meses de 2019 – Exame

Volume total entre países passou de US$ 675,5 milhões nos dois primeiros meses de 2018 para US$ 573,6 milhões neste ano

Por EFE

access_time 8 abr 2019, 16h32

Moscou – O comércio entre a Rússia e o Brasil caiu 15% entre janeiro e fevereiro de 2019 em relação ao primeiro bimestre do ano passado, um movimento que também ocorreu em outros países da América Latina no período analisado.

Segundo dados do Serviço Federal de Alfândegas da Rússia, o volume total de comércio com o Brasil passou de US$ 675,5 milhões nos dois primeiros meses de 2018 para US$ 573,6 milhões neste ano.

Considerando outros países latino-americanos como México, Peru, Chile, Argentina e Cuba, a queda no período foi de 5,8%, passando de US$ 1,46 bilhão para US$ 1,37 bilhão em janeiro e fevereiro de 2019.

Os dados divulgados nesta segunda-feira não incluem outros parceiros da região, como Equador, Colômbia, Uruguai e Venezuela.

Apesar da tendência de queda, as dinâmicas comerciais mostram dados muito diversos. Ao contrário do Brasil, por exemplo, as trocas entre Argentina e Rússia subiram 65,66% no período, passando de US$ 79,5 milhões para US$ 131,7 milhões no primeiro bimestre de 2019.

Por outro lado, com o Chile, o comércio caiu 22,8% no período – de US$ 179,5 milhões para US$ 138,5 milhões, de acordo com os dados divulgados pelo governo russo.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!