Araújo exonera embaixador do comando da Apex

O embaixador Mario Vilalva foi exonerado hoje (9) do cargo de presidente da daeira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex). Em nota, o Ministério das Relações Exteriores confirmou a saída do diplomata. Segundo a pasta, está em curso um processo de modernização do órgão.

“Como parte do processo de dinamização e modernização do sistema de promoção comercial brasileiro, o ministro das Relações Exteriores, embaixador Ernesto Araújo, anuncia a exoneração do Embaixador Mário Vilalva da presidência da Apex.”

Nos últimos meses, houve conflitos entre o embaixador e alguns dos assessores da direção da Apex. Trocas de acusações vieram à tona.

Perfil

Diplomata de carreira, Vilalva serviu em vários postos no exterior e ocupou várias posições no Brasil. No exterior, serviu nas Embaixadas do Brasil em Washington (EUA), Roma (Itália), Santiago (Chile), Lisboa (Portugal) e Berlim (Alemanha), entre outros.

Vilalva se especializou na chamada diplomacia econômica. Ele foi nomeado em 9 janeiro quando foi definido pelo chanceler como um diplomata com “ampla experiência em promoção de exportações”. 

 

 

Edição: Renata Giraldi

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!