Coordenador do PSL em MG pede cautela em denúncia contra ministro do Turismo – Isto É

Após acusações da deputada Alê Silva (PSL-MG) de que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a teria ameaçado em virtude das denúncias de candidaturas laranja, o coordenador da bancada do partido em Minas Gerais, o deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG), disse que ligou para a colega para se colocar à disposição, mas pediu cautela.

“Francamente, não acredito em ameaças de morte ou coisa do gênero. Nos parece uma busca por espaços no partido, com consequências que extrapolam o razoável”, afirmou Freitas.

Relator da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça, na Câmara, Marcelo Freitas disse que ligou hoje para a deputada após o jornal Folha de S. Paulo publicar uma entrevista em que a congressista faz as acusações e afirma ter pedido proteção policial. Alê Silva confirmou as acusações ao Estado. “Entrei em contato para compreender o que estava acontecendo, quando fomos surpreendidos com divulgações na imprensa”, contou o deputado.

Ao Estado, Alê Silva diz ter repassado à Polícia Federal provas de que foi ameaçada pelo ministro. Segundo ela, Antônio descobriu que foi ela quem relatou o caso das candidaturas laranja do partido a uma associação, que notificou o Ministério Público. Isso estaria motivando retaliações do ministro.

“Espero que reencontremos o caminho do diálogo, única via para construir melhores alternativas para Minas e para o Brasil”, afirmou Freitas.


Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!