Bitcoin já atingiu o fundo, diz relatório da Binance – Portal do Bitcoin

O preço do Bitcoin (BTC) e de outras criptomoedas podem já ter chegado ao ponto mais baixo, segundo nova análise da Binance, de 11 de abril.

Na última edição de seus boletins de análise, o braço analítico da exchange, Binance Research, investigou vários fenômenos atuais e tendências para mercados de criptomoedas.

Entre eles estava a correlação com preços do Bitcoin e das altcoins. Os dados entre 2014-2019 confirmam que os 90 dias até meados de março representaram o período mais longo de alta correlação na história do mercado.

De acordo com o histórico, os períodos tendem a desencadear a tendência reversa. Os 90 dias até metade de março também abrangem a queda do Bitcoin de US$ 6.500 para US$ 3.100, levando a Binance a sugerir que os mercados poderiam se recuperar após o final do período de correlação recorde.

“Tendo emergido de um período das mais altas correlações internas na história cripto, os dados podem apoiar a impressão de que o mercado de criptomoedas já chegou ao fundo”, resumiu o documento.

Como o Cointelegraph publicou, a Binance já tinha comentado sobre o relacionamento entre os preços do Bitcoin e das altoins, concluindo que as altcoins estariam se tornando menos atreladas ao Bitcoin e mais ao Dólar.

O último boletim também destaca insights sobre a composição do investidor em criptomoedas: os investidores institucionais controlam cerca de 7% da oferta, diz a Binance, aproximadamente igual ao controle institucional do mercado acionário dos Estados Unidos.

*Conteúdo disponibilizado por parceria entre Portal do Bitcoin e Cointelegraph


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

O post Bitcoin já atingiu o fundo, diz relatório da Binance apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!