Universidade de Harvard faz primeiro investimento em criptomoedas – Portal do Bitcoin

Um dos fundos patrimoniais da Universidade de Harvard, que é gerenciado pela Harvard Management Company, comprou tokens da Blockstack Inc, uma startup de criptomoedas que quer arrecadar US$ 50 milhões.

Segundo o Bloomberg, o fundo da Harvard e outros dois investidores já compraram mais de 95 milhões de tokens Stack (STX), perfazendo cerca de US$ 11,5 milhões. A meta da startup é vender 295 milhões de unidades.

No entanto, conforme comunicado em seu blog, a Blockstack anunciou que o pedido de aprovação de sua Oferta Inicial de Moedas (ICO) foi protocolado na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos na quinta-feira (11). Logo, a oferta ainda será analisada pela reguladora.

Confiante, o cofundador e CEO da Blockstack, Muneeb Ali, disse que após a aprovação será um marco histórico por se tratar da primeira oferta de token regulada pela SEC.

Ali explicou que o montante arrecadado será usado para acelerar o desenvolvimento da rede descentralizada da Blockstack e de seus aplicativos.

Pompliano espalha a notícia

Mesmo sem saber o valor exato do investimento de Harvard, o investidor em criptomoedas Anthony Pompliano, mais conhecido como ‘Pomp’, correu para o Twitter para anunciar a novidade.

“Notícias de última hora: A dotação de Harvard investiu entre US$ 5 milhões e US$ 10 milhões diretamente na venda simbólica da Blockstack. Isso significa que um dos principais fundos universitários se sente confortável em manter tokens diretamente”.

Pompliano é cofundador e sócio da Morgan Creek Digital, uma gestora institucional focada em criptomoedas e ativos digitais.

O conselho consultivo da Harvard Management Company é composto por sete membros, sendo Charlie Saravia o diretor. Zavain Dar e Rodolfo Gonzalez, são representantes da Lux Capital e Foundation Capital, respectivamente. Quatro membros independentes completam o quadro.

Embora ainda não esteja claro o montante investido na venda simbólica, de acordo com o Bloomberg, esse é o primeiro caso em que um grande fundo universitário investe diretamente em um criptoativo.

Universidades e criptomoedas

No final do ano passado, a segunda maior instituição de ensino superior dos Estados Unidos, Universidade de Yale, entrou para um fundo de criptomoedas de US$ 400 milhões (cerca de R$ 1,5 bilhão).

O fundo, chamado Paradigm, foi criado por Fred Ehrsam, cofundador da Coinbase, Matt Huang, da Sequoia Capital e Charles Noyes, ex-funcionário do Pantera Capital.

Embora a instituição tenha deixado muita gente surpresa naquela ocasião, considerando que fundos semelhantes não fazem esse tipo de investimento devido ao risco regulatório, não é de agora que a Yale investe livremente em vários setores.

Cerca de 60% de seus ativos já estão direcionados para investimentos alternativos neste ano.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

O post Universidade de Harvard faz primeiro investimento em criptomoedas apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!