Governo autoriza ANP a fazer megaleilão de excedente do pré-sal – Exame

Em edição extra do Diário Oficial da União desta quinta-feira, 18, o presidente da República, Jair Bolsonaro, deu continuidade ao processo do megaleilão de excedentes do pré-sal e autorizou a Agência Nacional do Petróleo (ANP) a realizá-lo. O governo prevê arrecadar R$ 106 bilhões nesses poços.

As áreas ofertadas serão as de Atapu, Búzios, Sépia e Itapu, todas na Bacia de Santos. As áreas haviam sido arrematadas pela Petrobras, mas a quantia de petróleo excedeu o previsto pela companhia e pelo governo federal. O contrato com a estatal prevê que ela não pode, até o momento, retirar mais que 5 bilhões de barris de petróleo das áreas. ,

Para fazer o leilão e permitir a exploração do excedentes por outras petroleiras, o governo pagará uma espécie de indenização à Petrobras, no valor de R$ 9 bilhões. Além disso, a empresa tem preferência na hora de arrematar determinada área que seja do seu interesse.

Ainda de acordo com o Boletim Oficial, os valores previstos para serem arrecadados em cada área são: na área de Atapu, R$ 13,7 bi; na área de Búzios, R$ 68,1 bi; na área de ltapu, R$ 1,7 bi bi e na área de Sépia, R$ 22,8 bi.

O megaleilão está previsto para acontecer em 38 de outubro.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!