Guedes defende mesma transparência do Copom para política de preços da Petrobras – Isto É

O ministro da Economia, Paulo Guedes, recorreu neste sábado, 20, à transparência do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central para dar como exemplo o quão clara deve ser a política de reajuste de preços dos combustíveis pela Petrobrás. “O Castello Branco (Roberto, presidente da Petrobras) tem que ser o Copom do petróleo”, declarou em entrevista ao Blog da jornalista Julia Duailibi.

Guedes voltou a defender que a Petrobras é livre para definir os preços. O posicionamento ocorre após a divulgação de áudio em que o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, apareceu falando que o governo deu uma “trava” na Petrobrás.

Procurando evitar polêmica com o colega, o titular da Economia limitou-se a dizer que “ele Onix é muito leal e tem me ajudado muito”.

No entanto, segundo a entrevista à jornalista, uma das questões no radar da equipe econômica é aumentar a periodicidade de reajuste do diesel de 15 dias para no mínimo 30.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!