Porto de Santos terá obras para ampliar cais no valor de R$ 150 mi – Exame

São Paulo — A Santos Brasil informou que fechou contrato com a construtora Axxo para a realização das obras de ampliação do cais do Tecon Santos – o maior terminal de contêineres da América do Sul, localizado na margem esquerda do Porto de Santos. Serão investidos aproximadamente R$ 150 milhões para ampliar em 220 metros o cais acostável do terminal, totalizando 1.510 metros.

Segundo a empresa, a obra é mais uma etapa do projeto de modernização e ampliação do Tecon Santos. Com a expansão, o terminal passará a ter capacidade de receber simultaneamente até três navios New Panamax (366 metros), que ficará com 1.200 metros de cais, e mais um navio no TEV (Terminal de Veículos), que permanecerá com 310 metros de cais. As obras terão duração estimada de 18 meses.

A Santos Brasil afirma que o atual ciclo de investimentos na modernização e ampliação do Tecon Santos começou em 2018, com uma primeira fase de aquisições de equipamentos, no montante de cerca de R$ 100 milhões: dois guindastes de cais STS (ship-to-shore cranes) de última geração, 30 reboques e 30 terminal tractors para a movimentação de cargas no pátio, equipamentos com capacidade para 65 toneladas, podendo transportar até dois contêineres cheios de 20 pés.

A previsão da companhia é investir aproximadamente R$ 300 milhões no terminal entre 2018 e 2019. Além dos R$ 150 milhões nas obras do cais, até o final do ano serão investidos ainda cerca de R$ 10 milhões em tecnologia da informação e cerca de R$ 40 milhões em outros serviços de cais. “O projeto total de modernização do Tecon Santos prevê investimentos de R$ 1,3 bilhão”, afirma a empresa.

A previsão é de que com as melhorias, o terminal ampliará em ao menos 20% a capacidade de movimentação, de 2 milhões de TEU (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) para 2,4 milhões de TEU/ano.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!