Governo autoriza União a reembolsar Eletrobras em até R$3,5 bi – Exame

São Paulo — O presidente Jair Bolsonaro assinou medida provisória que autoriza a União a realizar um pagamento de até R$ 3,5 bilhões à Eletrobras, a título de reembolso de despesas de distribuidoras de energia do grupo estatal com combustíveis incorridas até junho de 2017.

A MP 879, publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, afirma que o pagamento deverá acontecer até o exercício de 2021, “sujeito à disponibilidade orçamentária e financeira”, sendo que os recursos deverão ser provenientes de bonificações por outorga em leilões “ou de outras fontes definidas pelo Ministério da Economia”.

A autorização para pagamento desses valores à Eletrobras já havia sido dada pelo governo antes, com a MP 855/2018, mas o texto não foi aprovado pelo Congresso antes de seu vencimento, em 23 de abril.

As despesas relacionadas à MP devem-se à compra de combustíveis para geração termelétrica na região Norte do país, onde a Eletrobras operava distribuidoras de eletricidade.

As subsidiárias de distribuição da estatal foram vendidas ao longo de 2018, mas em meio ao processo a Eletrobras ficou com parte das dívidas e com créditos das empresas, de forma a viabilizar as privatizações.

Os custos da Eletrobras com combustíveis não haviam sido totalmente reembolsados por fundos setoriais criados para essa finalidade porque a companhia não havia cumprido alguns requisitos de eficiência, que a MP agora afirma que podem ser desconsiderados.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!