PIB cresceria 3,5% ao ano até 2029 com choque de investimentos – Exame

Para previsão da secretaria do Ministério da Economia se realizar, seria necessário elevar a relação investimentos/PIB de 1,7% para 3,8% até 2022

Por Estadão Conteúdo

access_time 26 abr 2019, 16h05

São Paulo — Com um choque de investimentos em infraestrutura, o PIB do país poderia atingir um crescimento médio de 3,5% ao ano até 2029, de acordo com o secretário de Desenvolvimento da Infraestrutura do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord de Faria. Sem isso, acrescenta ele, a expectativa de crescimento é de 2,1% ao ano.

Nesse contexto, a secretaria tem como meta elevar a relação investimentos/PIB de 1,7% para 3,8% até 2022 e subir 10 posições no pilar de infraestrutura/GCI (WEF) nesse período.

“Temos vários planos em andamento hoje no Brasil, de Logística, de Segurança, de Saneamento, etc. A intenção é consolidar tudo isso”, acrescentou o secretário. Atualmente, o país ocupa a 81ª posição no ranking GCI (WEF) de competitividade, segundo pilar da infraestrutura. A primeira colocação é ocupada por Cingapura.

De acordo com Faria, os investimentos dos últimos anos não foram suficientes nem para cobrir a depreciação dos ativos e seria preciso investir, ainda em 2019, R$ 2 bilhões em projetos de infraestrutura. A ideia é gerar 2 milhões de empregos adicionais já em 2022.

Faria participou do quarto seminário aberto “Como o novo governo enfrentará os desafios da infraestrutura no Brasil”, realizado pelo MBA PPP e Concessões (MBA PPP) no auditório da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP).

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!