MP pede que Atlas pague R$ 10 milhões e não descarta possibilidade de Pirâmide Financeira – Portal do Bitcoin

O Ministério Público pediu à Justiça que a Atlas Quantum, empresa de arbitragem de Bitcoin, pague R$ 10 milhões em indenização por danos morais coletivos, de acordo com informações do G1.

Em agosto de 2018, a Atlas teve vazados dados de 264 mil clientes, com nome, telefone, e-mail e saldo em Bitcoins. A empresa, contudo, afirma não ter causado maiores prejuízos aos usuários.

Segundo os promotores da Unidade de Proteção de Dados Pessoais, “houve falta de cuidado e zelo da Atlas na proteção das informações pessoais dos cidadãos que confiaram na política de segurança da companhia”.

A explicação da empresa é que uma pessoa divulgou a base de dados dos clientes após ter conseguido acesso.

Em nota enviado ao G1, a empresa disse não ter sido informada sobre o processo do MP, mas “reafirma o compromisso com a transparência de todas as suas ações.” E reitera não ter causado que qualquer risco de perda dos investimentos dos clientes.

Suspeita de Pirâmide Financeira

Para o Ministérios Público, existe uma suspeita da empresa operar no modelo de pirâmide financeira. Na visão da promotoria, não haveria indícios de que o algorítimo usado pela empresa para fazer as operações de arbitragem exista e funcione, além da Atlas Quantum prometer rendimentos de 4,4% ao mês e 66,95% ao ano, enquanto a poupança rende menos de 0,5% ao mês.

“Não se descarta a possibilidade de que as empresas, ao contrário do que afirmam, operem em um esquema de pirâmide financeira, nos moldes do investidor Bernard Madoff”, afirma o Ministério Público.

A multa, contudo, se refere apenas ao vazamento de dados e a Atlas não é acusada formalmente de nenhum tipo de fraude financeira.

Em resposta, a Atlas negou as acusações de pirâmide financeira e disse não prometer lucro “por se tratar de uma operação de renda variável.” E finaliza afirmando que o modelo de negócio já foi avaliado pela CVM e que não foi encontrado nenhum indício de irregularidade.

A companhia atualmente conta tem mais de 150 funcionários, conforme o Linkedin. De acordo com o LiveCoins, a empresa afirma ter 22 mil clientes e quase 13 mil bitcoins sob custódia.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

O post MP pede que Atlas pague R$ 10 milhões e não descarta possibilidade de Pirâmide Financeira apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!