Localiza e Log: Resultado do 1º Tri e Barreiras à Entrada Indicam Entrada? – Investing.com

Localiza – Barreiras De Entrada Grandes E Crescentes

O maior investidor do mundo sempre fala que seu sonho é encontrar um negócio que, quanto mais cresce, maiores ficam suas barreiras de entrada.

E o setor de aluguel de carros tem exatamente isso. Quanto mais as 3 grandes crescem, melhores são seus lucros e maiores as vantagens competitivas.

E são tão óbvias que tem um ar blasé. Quanto maior a empresa maiores os descontos na compra de carro e menores as taxas de juros que pagam nos empréstimos – combinação matadora para as pequenas (50 por cento do mercado).

E Localiza (SA:) veio com números absolutamente excepcionais novamente. Número de carros +28 por cento, receita líquida +34 por cento, Ebitda +25 por cento e lucros +23 por cento.

A companhia ainda reduziu um pouco sua tarifa média com aumento da taxa de utilização só para dar aquela enforcada mais forte nos pequenos.

É também interessante notar que as empresas do setor estão queimando caixa para comprar mais carros (ativos) e crescer saudavelmente. Nada fora do normal.

E, atenção para o gráfico mais importante ao analisar empresas (quaisquer empresas):

Quanto maior a distância entre a linha de cima e a de baixo, melhor. Este gráfico nos diz a rentabilidade do negócio. Nos diz se vale a pena investir nele e qual o ganho do acionista em cima do credor.

Tudo muito bom em Localiza, exceto uma perda bem maior com seminovos – a companhia tem prejuízo maior na venda de carros.

RENT sobe 16 por cento em 2019, mas é extremamente cara a 16x Ebitda e 33x lucros. Preferimos Unidas (SA:) com as mesmas características e metade do preço.

#CompreMUITALCAM.

LOGG – Crescimento Endereçado

A Log Commercial Properties (LOGG3), empresa que constrói e administra condomínios logísticos (galpões), estreou recentemente na bolsa após ser separada (spin-off) da MRV (SA:).

No 1T19, a receita operacional líquida cresceu +16%, Ebitda +17,8% e lucro líquido +22,5%. Muito bom.

LOGG está em fase de forte crescimento, terminou 2018 com aproximadamente 750 mil m2 de ABL (Área Bruta Locável) e +65 mil m2 foram entregues no 1T19. A companhia projeta encerrar 2019 com um total de 920 mil m2.

E a estratégia de diversificação geográfica e de clientes, aliada ao modelo de galpões modulares permitiu com que a empresa atingisse vacância de apenas 5,3%, seu menor nível histórico.

Desde que LOGG estreou em bolsa, suas ações subiram, caíram, e permanecem -2 por cento da estreia, em dezembro de 2018. O mercado de galpões logísticos não é dos mais óbvios, por não possuir barreiras de entrada.

Mas LOGG vem fazendo um bom trabalho e o crescimento já endereçado nos interessa (muito). Mas as ações parecem caras a 24x Ebitda e 27x lucros. Estamos de olho.

Acompanhe muito mais no Twitter: @BruceBarbosa88, no FB: BruceBarbosaOficial e LinkedIn: BruceBarbosaOficial

Publicação Original

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!