Objetivo é justiça social mantendo ajuste fiscal, diz relator da reforma – Exame

O relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara dos Deputados, Samuel Moreira (PSDB-SP), disse nesta segunda-feira que seu objetivo é mudar as regras de acesso à aposentadoria com justiça social e sem impactar no ajuste fiscal pretendido pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.

“A reforma da Previdência será uma construção conjunta dos deputados. Vamos debater item por item, valor por valor, sempre com um objetivo: fazer justiça social sem abrir mão de um robusto ajuste fiscal”, escreveu o relator em sua conta no Twitter.

A comissão especial que analisará o mérito da PEC da reforma na Câmara foi instalada na semana passada e, após emitir parecer sobre a matéria, ela irá ao plenário da Casa, onde precisa de 308 votos em dois turnos de votação para avançar ao Senado.

Com a chegada da reforma na comissão especial, as articulações para aprovar a proposta, apontada como fundamental para reequilibrar as contas públicas e aquecer a economia, ganharam força.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se reuniu no fim de semana com Bolsonaro e no final da tarde desta segunda-feria se encontrará com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Maia é um dos principais defensores e articuladores da reforma.

A equipe econômica de Bolsonaro, liderada por Guedes, busca uma economia da ordem de 1 trilhão de reais em 10 anos com as mudanças nas regras previdenciárias.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!