Comissão especial define calendário para reforma da Previdência – Exame

Ideia é que a comissão realize 11 audiências públicas ao longo do mês de maio e que o relatório seja apresentado no começo de junho

Por Estadão Conteúdo

access_time 30 abr 2019, 12h10 – Publicado em 30 abr 2019, 12h09

O presidente da comissão especial que analisa a reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos (PR-AM), afirmou que foi definido um cronograma prévio do colegiado. A ideia é que a comissão realize 11 audiências públicas ao longo do mês de maio e que o relatório seja apresentado no começo de junho, para ser debatido ao longo do mês. “Definimos cronograma sugestão”, disse Ramos.

Na manhã desta terça-feira, 30, ele, o relator da proposta, Samuel Moreira (PSDB-SP), e o vice-presidente da comissão Silvio Costa Filho (PRB-PE) estiveram reunidos para debater calendário e cronograma.

A ideia agora é apresentar essas definições para os demais membros do colegiado. “Precisamos ouvir a equipe econômica antes de iniciar o debate”, disse.

Ramos acrescentou que a ideia é ouvir até 60 pessoas na tramitação.

Segundo ele, o objetivo é reunir a comissão três vezes por semana. “Quanto mais rápido a equipe econômica vier, melhor”, comentou. “Para votar em julho no plenário, tenho de concluir comissão em junho”, disse, mas ressaltou que existem fatores externos que podem influenciar.

Na segunda-feira, 29, ele esteve reunido com o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Ao ser questionado sobre uma declaração anterior em que disse não ter simpatia pelo governo, Ramos brincou e disse que “não quer namorar com o Bolsonaro, porque ele já namora o Maia”, mas que o importante é aprovar a reforma.

“Na reunião com Bolsonaro, fotografia foi mais importante do que o conteúdo”, disse ele sobre o simbolismo de mostrar a proximidade do Executivo com o Legislativo.

Ramos vai ouvir a oposição para dar início a um diálogo sobre a dinâmica da comissão. Ele se reúne agora com PCdoB e PSB.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!