Trump critica europeus por não repatriarem extremistas presos na Síria – Isto É

O presidente dos EUA, Donald Trump – GETTY IMAGES/AFP/Arquivos

O presidente americano, Donald Trump, criticou nesta terça-feira (30) a atitude dos países europeus que “se negam” a repatriar seus cidadãos extremistas detidos na Síria pelas forças da coalizão internacional durante suas operações contra o grupo Estado Islâmico (EI).

“Temos 1.800 prisioneiros do EI retidos nas nossas últimas batalhas para destruir 100% do califado na Síria”, disse Trump em uma série de tuítes sobre a organização.

“Os países europeus não ajudam de modo algum, apesar de isso ter sido feito, em grande parte, em seu benefício”, tuitou.

“Se negam a repatriar os prisioneiros originários de seus respectivos países. Isso não é legal”, acrescentou.

Em março, os combatentes curdos e árabes das Forças Democráticas Sírias (FDS) anunciaram o fim do califado autoproclamado do EI, após terem conquistado o último reduto do grupo no leste da Síria, em consequência de uma ofensiva feroz apoiada pela coalizão internacional liderada por Washington.

Essa etapa crucial na luta contra o EI voltou a pôr sobre a mesa a questão do futuro de centenas de “jihadistas” estrangeiros detidos na Síria e que as FDS afirmam não querer manter sob sua custódia por muito tempo.

A Síria está em guerra desde março de 2011, quando o governo de Bashar al-Assad reprimiu manifestações em favor da democracia e provocou a reação de grupos armados rebeldes.

Hoje, os Estados Unidos pediram à Rússia que cumpra seus compromissos na Síria e ponha fim a uma “escalada” de violência na província de Idlib, no noroeste do país, depois que uma ONG anunciou a morte de dez civis em bombardeios.

“Convocamos todas as partes, incluindo a Rússia e o regime sírio, a cumprirem seus compromissos de evitar ofensivas militares em grande escala (e) voltar a reduzir a violência na zona”, disse a porta-voz do Departamento de Estado, Morgan Ortagus.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!