Bolsonaro: Se nada for votado, quebraremos a Previdência no máximo em 2022 – Exame

São Paulo – O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira, 30, que se “nada for votado, nós quebraremos a Previdência, no máximo, em 2022″. Bolsonaro afirmou ao programa Brasil Urgente, da Rede Band, que, ao aprovar a reforma da Previdência, “vai sobrar dinheiro para investimento”. “Não temos outra alternativa”, afirmou.

Ele disse que, nas viagens que fez como presidente, recebeu sinalizações de outros países de que, se a reforma previdenciária passar, será um “sinalizador” de que o governo do Brasil faz “o dever de casa, tem responsabilidade e respeita contratos”.

“Acreditamos na Câmara, no Senado e na população, que não se deixa enganar com fake news, dizendo que a reforma vai trazer caos e sofrimento”, acentuou. Bolsonaro acrescentou que no Brasil os mais pobres já se aposentam com mais de 60 anos de idade e que o “sacrifício” na reforma previdenciária virá mais dos servidores públicos.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!