Facebook procurou Visa e Mastercard para falar sobre criação de criptomoeda, diz jornal – Portal do Bitcoin

Aos poucos, os rumores sobre a possível entrada do Facebook no criptomercado estão se tornando fatos reais. Segundo publicação do Wall Street Journal (WSJ) na quinta-feira (02), o Facebook tem conversado com várias empresas para apoiar seu serviço de pagamento com criptomoedas.

Dentre as instituições financeiras e empresas de comércio eletrônico que foram procuradas pelo Facebook estão Visa e MasterCard, diz a reportagem.

O projeto que está sendo desenvolvido foi batizado internamente de Projeto Libra, que visa recompensar os usuários do Facebook com frações da criptomoeda em troca de visitas a seus anúncios.

A criptomoeda do Facebook seria atrelada ao dólar americano, supostamente uma stablecoin, adiantou o WSJ.

Desta forma, usuários do serviço de mensagens WhatsApp, aplicativo que pertence ao grupo, poderiam usar o criptoativo para enviar dinheiro uns aos outros. Isso permitiria que milhões de pessoas realizassem transações internacionais.

Segundo o artigo, o Facebook também pode tentar incorporar seu sistema de pagamento em sites e aplicativos de terceiros, da mesma forma em que terceiros usam o login da plataforma.

Uma fonte próxima à situação confirmou o assunto do artigo do WSJ ao The Block, confirmando que o Facebook está planejando lançar uma rede de pagamentos completa, ao invés de apenas remessas.

Confirmou, também, as negociações em andamento com Visa e MasterCard, adicionando a gigante americana de serviços financeiros, First Data.

Facebook sob pressão

Depois do desconforto que o Facebook passou enfrentando até mesmo o Tribunal americano, a empresa tem passado por uma grande mudança para se concentrar na privacidade dos usuários.

Sob uma forte pressão dos reguladores americanos, ultimamente, o CEO Mark Zuckerberg também tem dado extrema importância na questão.

Zuckerberg disse que, se o comércio eletrônico decolar nos diversos aplicativos do Facebook, isso poderia levar as marcas a gastar mais com os anunciantes, escreveu a CNBC também na quinta-feira.

A empresa também poderia criar novos fluxos de receita de serviços financeiros se os usuários adotassem seus recursos de pagamento.

Henry Liu, ex-funcionário do Facebook e sócio-gerente da YGC, disse à reportagem que os pagamentos e o comércio são a única saída do Facebook de seu freemium, que são produtos e serviços oferecidos gratuitamente.

Bilionário se interessou

Até agora, o Facebook não confirmou oficialmente nenhum dos rumores. No entanto, o negócio parece estar avançado, pois chamou a atenção de um dos bilionários do mercado de criptomoedas, Tim Draper, que planeja discutir com Facebook investimentos na suposta criptomoeda.

A notícia é de 12 de abril e foi revelada primeiramente pelo Bloomberg. Segundo a mídia, Draper revelou que está “interessado em ouvir a história” em torno do projeto, alegando que está pronto para “ver se vale a pena”.

O movimento veio junto das recentes notícias de que a gigante das redes sociais estaria buscando investimento de US$ 1 bilhão de várias empresas de venture capital para desenvolver seu projeto.


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

O post Facebook procurou Visa e Mastercard para falar sobre criação de criptomoeda, diz jornal apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!