Calendário da semana: 6 a 10 de maio Por Investing.com – Investing.com

© Reuters.

Investing.com – Esta semana os investidores estarão voltando sua atenção para os relatórios de inflação depois que o Federal Reserve disse na semana passada que provavelmente vai manter as taxas de juros estáveis por um período prolongado.

O presidente Donald Trump citou a baixa inflação em seus pedidos para que o Fed reduza as taxas de juros. O presidente do Fed, Jerome Powell, minimizou a fraqueza recente da inflação nos EUA como “transitória”.

Analistas do mercado também estarão de olho nas negociações comerciais entre EUA e China em meio a esperanças de que um acordo para acabar com o conflito comercial que já dura vários meses entre Washington e Pequim, esteja se aproximando.

O dólar caiu em relação a uma cesta de moedas na sexta-feira, quando os investidores se concentraram nos aspectos mais fracos do relatório de folha de pagamento do mês de abril nos EUA, deixando de lado a contratação mais forte do que a prevista e uma queda na taxa de desemprego para o menor índice em mais de 49 anos.

O ritmo mensal modesto de 0,2% do crescimento dos salários e a queda na taxa de participação no emprego levaram alguns a vender o dólar, disseram analistas.

“Esses detalhes suaves não forneceram uma razão convincente para se adicionar a posições já muito grandes de dólar”, disse Eric Viloria, estrategista de câmbio do Credit Agricole em Nova York.

O , que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada das seis principais divisas, foi 0,4% menor em 97,197 na sexta-feira passada, para uma queda semanal de 0,54%.

O subiu 0,24%, para US$ 1,1202, após atingir uma baixa de uma semana, a US$ 1,1135, enquanto o ficou 0,35% mais fraco, cotado a 111,09 ienes.

A moeda única ganhou 0,4% contra o dólar na semana, enquanto o dólar caiu 0,4% em relação ao iene.

O dólar também foi pressionado depois que o Instituto de Gestão de Provisões (ISM, na sigla em inglês) informou que seu índice de serviços registrou uma queda surpreendente para uma mínima de 20 meses em abril.

Comentários do presidente do Fed de Chicago, Charles Evans, e do presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, apoiam as apostas do banco central americano pode reduzir as principais taxas de empréstimos até o final do ano, apesar de o presidente do Fed, Jerome Powell, ter dito dois dias antes que não viu a necessidade de aumentar ou reduzir as taxas agora.

Evans disse em um evento em Estocolmo que taxas mais baixas nos EUA podem ser necessárias se a economia ficar mais fraca.

Bullard disse à televisão CNBC que a taxa de juros do Fed está “um pouco apertada” e as leituras atuais de inflação são desconfortavelmente baixas.

Enquanto isso, os dólares americanos e terminaram a semana em baixa, em meio a especulações de que os bancos centrais de ambos os países poderiam cortar as taxas de juros na próxima semana.

O Banco da Reserva da Austrália se reúne na terça-feira e o Banco da Reserva da Nova Zelândia no dia seguinte. Qualquer um deles pode cortar as taxas em meio a preocupações com relatórios de baixa inflação, segundo analistas.

Antes da semana que está por vir, o Investing.com compilou uma lista com estes e outros eventos significativos que podem afetar o mercado.

Segunda-feira, 6 de maio

PMI do setor de serviços da União Europeia (abril)

Vendas no varejo da UE (março)

Presidente do Fed de Chicago, Evans faz discurso

Harker, membro do FOMC faz discurso

O membro do FOMC Williams faz discurso

Praet, do BCE, fala

Terça-feira, 7 de maio

Reunião de política do RBA

Membro do FOMC, Kaplan faz discurso

Membro do FOMC, Quarles deve falar

Balança Comercial chinês (Abr)

Quarta-feira, 8 de maio

Reunião de política do RBNZ

Índices de inflação para o consumidor e para o produtor da China (abril)

Ata da política monetária do BCE

Produção industrial da Alemanha (março)

Quinta-feira, 9 de maio

Dados da inflação ao produtor nos EUA

Discurso de Powell, presidente do Fed

Pedidos de seguro-desempregos nos EUA

Balança Comercial nos EUA (Mar)

Sexta-feira, 10 de maio

Balança Comercial Alemã (Mar)

Produção Industrial Francesa (Mar)

PIB do Reino Unido, produção industrial, balança comercial

Dados da inflação ao consumidor nos EUA (abril)

Membro do FOMC, Bostic faz discurso

– A Reuters contribuiu com esta matéria

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!