Trump Estaria Errado na Forma, porém Certo no Conteúdo Quanto à China? – Investing.com

O breve alívio na derrocada dos ativos em nível global veio de uma notícia que na verdade não era nenhuma novidade.

Os representantes chineses já confirmavam que iriam a Washington, independentemente do discurso de Trump, na tentativa de avançar com as conversas sobre a guerra comercial.

Ainda assim, Robert Lighthizer, o representante do comércio dos EUA confirmou que a elevação de tarifas sobre importações de US$ 200 bilhões em produtos chineses de 10% para 25% a partir de sexta-feira continua em voga e sem alterações, indicando que a China renegou suas promessas, daí a ação americana.

Assim como o atual governo brasileiro, o governo americano está muitas vezes correto no conteúdo, porém desastroso na forma, o que gera dúvidas quanto aos reais motivos para o corte abrupto das negociações com a China.

É possível sim que Trump tenha razão e os chineses estejam tentando ‘dar uma rasteira’ ou ‘enrolar’ os EUA, porém ao expor isso de maneira mais, digamos, presidencial daria um alento aos ativos de forma a não gerar disrupções como as observadas recentemente.

Há quem diga que habilmente, e provavelmente ilegalmente, Trump se beneficie destes fortes movimentos internacionais gerados por suas ações e tweets, numa espécie de “Art of the Deal” Plus, porém são somente especulações e como os democratas estão mais preocupados com o conluio russo e perder a próxima eleição, estamos todos suscetíveis aos efeitos da volatilidade Trump.

Destacam-se hoje os resultados de AB InBev, Petrobras (SA:), Tim (SA:), HPardini, Iguatemi (SA:), Sanepar (SA:), CPFL (SA:), CSU (SA:), JHSF (SA:), BrasilAgro, BMW, Intesa Sanpaolo (MI:), Electronic Arts (NASDAQ:), Ferrari, Endesa e ArcelorMittal.

CENÁRIO POLÍTICO

Continuam os embates entre as alas militares e ideológicas do governo, ao ponto de se reeditar o famoso termo Reductio Ad Hitlerum versão invertida Reductio Ad Communistarum, ou seja, todo mundo que eu não gosto é comunista.

É desta maneira que tem agido a ala ‘ideológica’ do governo, ao se voltar contra parte dos militares e dizerem agir sob a égide do ‘globalismo comunista’.

Ou seja, acreditam que os mesmos militares que evitaram que Dilma seu utilizasse das forças armadas no passado para permanecer no poder, que se aliaram a Bolsonaro e o ajudaram se conduzir no poder, de repente se tornaram ‘vermelhos’ por não concordar com Olavo.

Cansa!

ABERTURA DE MERCADOS

A abertura na Europa é negativa e os futuros NY abrem em queda, ainda pelos desenvolvimentos da questão sino-americana.

Na Ásia, o fechamento foi misto, com reação à decisão chinesa de ir ao encontro.

O opera em queda contra a maioria das divisas, enquanto os Treasuries operam positivos em todos os vencimentos.

Entre as commodities metálicas, quedas, com exceção ao min. de ferro.

O abre em queda, com a perspectiva de atividade contraída.

O índice de volatilidade abre em alta de 7,9%

CÂMBIO

Dólar à vista : R$ 3,9675 / 0,73 %

Euro / Dólar : US$ 1,12 / -0,018%

Dólar / Yen : ¥ 110,61 / -0,135%

Libra / Dólar : US$ 1,31 / -0,092%

Dólar Fut. (1 m) : 3962,81 / 0,36 %

JUROS FUTUROS (DI)

DI – Janeiro 20: 6,44 % aa (-0,12%)

DI – Janeiro 21: 7,04 % aa (-0,28%)

DI – Janeiro 23: 8,15 % aa (0,00%)

DI – Janeiro 25: 8,67 % aa (-0,12%)

BOLSAS DE VALORES

FECHAMENTO

: -1,04% / 95.009 pontos

: -0,25% / 26.438 pontos

: -0,50% / 8.123 pontos

: -1,51% / 21.924 pontos

: 0,52% / 29.363 pontos

: 0,19% / 6.296 pontos

ABERTURA

: -0,595% / 12213,77 pontos

: -0,734% / 5443,28 pontos

FTSE: -0,991% / 7307,52 pontos

Ibov. Fut.: -1,28% / 95551,00 pontos

S&P Fut.: -0,457% / 2919,00 pontos

Nasdaq Fut.: -0,695% / 7749,25 pontos

COMMODITIES

Índice Bloomberg: -0,55% / 78,98 ptos

Petróleo WTI: -1,01% / $61,62

:-1,19% / $70,39

: -0,02% / $1.280,90

: -0,32% / $93,51

: -0,94% / $14,76

: 0,00% / $355,75

: -0,50% / $88,80

: 0,42% / $11,95

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!