Vendas do varejo ampliado sobem 1,1% em março ante fevereiro, diz IBGE – Isto É

As vendas do varejo ampliado, que incluem veículos, motos, parte e peças e de material de construção tiveram alta de 1,1% em relação a fevereiro deste ano, após recuo de 0,5% no mês anterior. A média móvel do trimestre subiu 0,5%, contra a queda de 0,4% em fevereiro.

Em relação a março de 2018, as vendas do varejo ampliado despencaram 3,4%, interrompendo uma série de 22 taxas positivas.

No primeiro trimestre, o varejo ampliado acumulou alta de 2,3% na comparação com igual trimestre de 2018 e cresceu 0,3% ante o quarto trimestre do ano passado 2018. Ainda, acumulou ganho de 3,9% nos últimos doze meses.

O resultado de março ante fevereiro ficou aquém da mediana das estimativas, positiva em 1,6%, e dentro do intervalo das previsões, de queda de 1,4% a alta de 2,6%, conforme coleta do Projeções Broadcast. A queda na comparação interanual foi maior que a mediana, negativa de 2,50% (intervalo de -4,7% a -0,9%).

Em relação aos números do trimestre, o resultado de 0,3% do primeiro trimestre ante o quarto de 2018 coincidiu com a mediana das previsões do mercado (intervalo de -0,80% a +3,2%). O ganho de 2,3% ante igual trimestre do ano passado veio abaixo da mediana (de 2,58%; intervalo de queda de 4,2% a alta de 5,0%).

No comércio varejista ampliado, a venda de veículos, motos, partes e peças subiu 4,5% e a de material de construção teve alta de 2,1%, na comparação de março contra o mês anterior.

Frente a março de 2018, a venda de veículos, motos, partes e peças caiu 1,2% e a de material de construção permaneceu estável.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!