Peru desiste de impor tarifa antidumping a barras de aço brasileiras

Depois de meses de investigação, o Peru desistiu de impor a tarifa antidumping sobre as barras de aço brasileiras, informou hoje (10) a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia. Segundo a pasta, o governo brasileiro recebeu a informação com satisfação porque o produto representa um dos principais itens de exportação para o país vizinho.

Pelas normas da Organização Mundial do Comércio (OMC), as tarifas antidumping podem ser impostas caso um país comprove que os bens importados são produzidos abaixo do preço de custo e têm potencial para prejudicar setores da economia nacional. O governo peruano concluiu que as barras de aço não ameaçam a indústria do país vizinho, dispensando a adoção de qualquer sobretaxa.

“O governo brasileiro, por meio de atuação coordenada entre o Ministério das Relações Exteriores e o Ministério da Economia, acompanhou todas as etapas da investigação conduzida pelo Peru, sempre buscando demonstrar que não havia dano ou ameaça de dano à indústria peruana que justificasse a aplicação de medidas antidumping às exportações brasileiras de barras de aço”, destacou o Ministério da Economia por meio de nota.

De janeiro a abril, o Brasil exportou US$ 798,13 milhões para o Peru, crescimento de 4,56% em relação ao mesmo período do ano passado. As importações do país vizinho, no entanto, caíram 21,55%, somando US$ 460,78 milhões. A maior parte das vendas para o Peru correspondem a produtos manufaturados. Juntamente com fios de máquinas e barras de ferro, as barras de aço foram o segundo item mais exportado para o Peru, totalizando US$ 52,97 milhões nos quatro primeiros meses do ano, com alta de 20,7% em relação ao mesmo período de 2018.

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!