Ovinos: Preços do Cordeiro Vivo e da Carcaça Subiram em Parte das Regiões em Abril – Investing.com

Em abril, os preços do cordeiro vivo e da carcaça subiram em parte das regiões acompanhadas pelo Cepea. De acordo com colaboradores consultados pelo Cepea, as vendas de alguns lotes para atender à demanda da Páscoa colaboraram para a reação dos preços. Além do aumento da procura, a menor oferta de animais para abate, em especial os de melhor acabamento, influenciaram as altas nos valores no correr do mês.

No mercado do animal vivo, as valorizações mais expressivas foram registradas no Paraná, no Ceará e no Rio Grande do Sul. No Paraná, o preço do cordeiro vivo teve alta de 11% de março para abril, com a média fechando a R$ 8,25/kg no último mês. No Ceará, por sua vez, a valorização foi de 8%, com o animal negociado, em média, a R$ 5,67/kg.

No Rio Grande do Sul, o cordeiro se valorizou 6%, comercializado na média de R$ 7,00/kg em abril.

Nas regiões de Mato Grosso, São Paulo e Mato Grosso do Sul, por outro lado, o movimento foi de baixa, com respectivas quedas de 8%, 4% e 1%, com negócios a R$ 7,12/kg, R$ 8,54/kg e R$ 7,67/kg em abril.

Quanto à carcaça ovina, a proteína registrou preço médio de R$ 21,68/kg no Paraná e de R$ 20,29/kg em São Paulo, respectivos aumentos de 6% e 1%. No Rio Grade do Sul, Mato Grosso e Ceará, houve estabilidade.

Já na Bahia, maior estado produtor do Brasil, a carcaça ovina foi negociada à média de R$ 13,50/kg, queda de expressivos 10% no comparativo com março.

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!