Neonergia faz oferta pública de ações e passa a ser listada na B3

A empresa Neoenergia – holding do Grupo Neoenergia – realizou hoje (1º) a oferta pública de ações da empresa na B3. A partir de agora a companhia passa a ser listada na bolsa de valores. O negócio tem uma avaliação inicial de R$ 3,2 bilhões, com potencial de chegar a R$ 3,7 bilhões. O grupo espanhol Iberdrola continua como controlador da empresa, com 50% de participação. A Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ) tem 32,9% da empresa e o Banco do Brasil vendeu a fatia de 9,3% que tinha da empresa.

A empresa atua nas áreas de geração, transmissão e distribuição de energia, com presença em 18 estados brasileiros e mais de 1 mil municípios. No total, são atendidos pela empresa 13,4 milhões de clientes através das distribuidoras Coelba (BA), Celpe (PE), Consern (RN) e Elektro (SP). Na geração, a companhia tem 17 parques eólicos e participação em diversas hidrelétricas, incluindo 10% de Belo Monte.

Segundo o presidente da Neoenergia, Mario José Ruiz-Tagle Larrain, a empresa deve continuar investindo com foco em energia renováveis. Para ele, as mudanças na composição de sócios da companhia também faz parte do processo de crescimento da empresa. “A saída do Banco do Brasil é mais um passo na evolução natural da Neoenergia”.

A empresa atua desde 1997 no mercado brasileiro. No primeiro trimestre desse ano, a companhia obteve lucro líquido de R$ 509,7 milhões.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!