Ambiente global aponta para juros baixos ou negativos, diz Luís Figueiredo – Isto É

O ambiente global indica que o nível historicamente baixo dos juros – ou mesmo negativos – no mundo deve continuar por um longo tempo. Em painel da feira da XP Investimentos, o sócio da Mauá Capital Luís Fernando Figueiredo questionou: “Quem disse que o juro de equilíbrio no mundo tem de ser positivo?”.

Para ele, considerando um horizonte longo, não parece que a taxa de juros nos Estados Unidos vá precisar de uma taxa básica alta e mesmo acima dos atuais 2% ao ano, que representam juro real zero por conta da atual meta de inflação.

Por conta de um cenário de juros globais muito baixos, o sócio da Ibiúna Investimentos Rodrigo Azevedo afirmou que a gestora está posicionada em juros intermediários e longos para capturar essa tendência. “Estamos aplicados na taxa de juros mais longa desde o início do ano, quando já tínhamos entendido que haveria uma convergência dos juros locais à pressão de baixa global”, disse.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!