Açúcar: Indicador Começa Julho em Queda – Investing.com

As cotações do cristal recuaram na primeira semana de julho no mercado paulista. De acordo com pesquisadores do Cepea, compradores continuaram presentes nas negociações, sustentando a liquidez. O mercado spot ainda tem boa oferta do cristal, mas a quantidade pode diminuir, uma vez que as unidades de processamento seguem com o mix de produção maior para o etanol. De 1º a 5 de julho, a média do Indicador CEPEA/ESALQ, cor Icumsa de 130 a 180, mercado paulista, foi de R$ 60,86/saca de 50 kg, recuo de 1,36% em relação à média de 24 a 28 de junho (de R$ 61,69/saca de 50 kg).

ETANOL: PREÇOS VOLTAM A SUBIR EM SP

Os Indicadores dos etanóis anidro e hidratado voltaram a subir no estado de São Paulo, devido ao maior interesse de compradores em função da proximidade do feriado paulista desta terça-feira, 9 de julho, segundo dados do Cepea. Entre 1º e 5 de julho, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado fechou em R$ 1,6403/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), alta de 2,26% em relação à semana anterior. No caso do anidro, o Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 1,8454/litro (sem PIS/Cofins), aumento de 1% no mesmo período. Segundo pesquisadores do Cepea, chuvas também deram sustentação aos preços do biocombustível, já que várias unidades chegaram a interromper a moagem por alguns dias, tanto no estado de São Paulo quanto em outros, como Paraná e Mato Grosso do Sul.

TRIGO: SEMEIO AVANÇA E INTENÇÃO DE VENDA AUMENTA

As atividades de semeio do estão avançando no Brasil, enquanto produtores aumentam a intenção de negociar o grão remanescente neste início de julho, segundo afirmam pesquisadores do Cepea. Quanto às farinhas, as vendas permanecem desaquecidas neste início de mês, o que pode estar atrelado, segundo agentes, às férias escolares. Diante disso, é possível que os volumes negociados no acumulado de julho fiquem ligeiramente inferiores aos de meses anteriores. No segmento de farelo de trigo, houve novos avanços nos preços, uma vez que a demanda continua aquecida e a oferta, limitada.

ALFACE: MENOR OFERTA LIMITA QUEDA NOS PREÇOS EM SP

As cotações das alfaces em Mogi das Cruzes e Ibiúna, em São Paulo, tiveram leve queda na semana passada, segundo dados do Hortifrúti/Cepea. Com o início das férias escolares e as temperaturas mais baixas, o consumo da hortaliça diminuiu. Porém, com o ciclo de desenvolvimento ainda atrasado, o crescimento dos pés está acontecendo de maneira mais lenta, resultando em menor disponibilidade. Dessa forma, os preços não tiveram alterações expressivas: a crespa se desvalorizou 8,6% frente à semana anterior, com média de R$ 14,50/cx com 20 unidades, em Mogi das Cruzes. Essa redução também se deu, principalmente, pela melhor produção e estabilização da qualidade dos pés. Quanto ao clima, a forte frente fria pode afetar a produtividade e a qualidade, reduzindo ainda mais a oferta.

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!