Aprovação da Previdência rende aplausos e “parabéns” no gabinete de Guedes – Exame

A aprovação do texto-base da reforma da Previdência com ampla margem em votação na Câmara dos Deputados foi recebida com euforia no Ministério da Economia e aplausos no gabinete do ministro Paulo Guedes, afirmou uma fonte que participou do momento.

Em condição de anonimato, a fonte apontou que o placar de 379 votos a favor da Proposta de Emenda à Constituição foi melhor que a mais otimista das previsões no ministério. Por ser uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) era preciso o voto de pelo menos 308 dos 513 deputados.

Guedes recebeu palmas e retribuiu com “parabéns” aos membros da sua equipe.

Na quinta-feira, o ministro se reunirá com seus secretários para alinhar a atuação da Economia daqui para frente vencida a que era considerada a maior batalha para endireitar as contas públicas.

Nesse sentido, o ministério também lançará um site com as medidas que tomará, a exemplo do que fez o Banco Central com a Agenda BC+, posteriormente rebatizada de BC#.

A votação sobre a reforma foi encerrada após o primeiro destaque ao texto. Outros destaques serão votados na quinta-feira, para concluir o primeiro turno. Após a reforma terminar de ser votada em dois turnos na Câmara dos Deputados, ainda precisa passar pelo mesmo rito no Senado.

A reação de Bolsonaro

Quem também comemorou a aprovação com uma margem grande de votos foi o presidente Jair Bolsonaro.

Em seu perfil no Twitter, como de praxe, Bolsonaro cumprimentou os deputados favoráveis à reforma e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Mais uma vez, ele utilizou a expressão “grande dia”, para elogiar alguma situação.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!