Inflação da zona do euro em julho é revisada para 1,3% – Exame

Bruxelas — Os preços ao consumidor na zona do euro subiram em junho um pouco mais do que previsto inicialmente, mostraram dados nesta quarta-feira, mas a inflação ainda está abaixo da melhora que as autoridades buscam.

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou que os preços nos 19 países da zona do euro subiram 1,3% em junho sobre o ano anterior, contra preliminar de 1,2%. Em maio a inflação foi de 1,2%, menor nível desde abril de 2018.

No mês, os preços avançaram 0,2%, pouco acima da previsão do mercado de 0,1%.

O Banco Central Europeu, cujo comitê de política monetária se reúne na próxima semana, busca uma taxa próxima mas abaixo de 2%.

A Eurostat informou que o núcleo da inflação, que o BCE acompanha para as decisões de política monetária e que exclui os componentes voláteis de alimentos e energia, foi de 1,3% em junho sobre o ano anterior após taxa de 1,9% em maio.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!