Marinho diz que economia com Previdência fica acima de R$ 800 bi – Exame

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho afirmou nesta quinta-feira, 18, que a economia com a reforma da Previdência ficará acima de R$ 800 bilhões em dez anos. Marinho, no entanto, não informou o número exato.

Questionado por jornalistas na entrada do Ministério, Marinho afirmou que aguarda a autorização do ministro da Economia, Paulo Guedes, para divulgar o valor exato do impacto fiscal com a reforma previdenciária.

O plano inicial do governo era de que a reforma da Previdência garantisse uma economia de cerca de R$ 1,2 trilhão em 10 anos. Com pontos retirados antes da aprovação na Comissão Especial e no primeiro turno da votação no plenário, a economia caiu.

Após o primeiro turno, Rogerio Marinho previu que a reforma ainda assim economizaria um valor próximo da meta de 1 R$  trilhão de Paulo Guedes. O secretário especial de Previdência e Trabalho acreditava em uma economia de R$ 900 bilhões.

Esta é a primeira vez que alguém da equipe econômica admite que versão atual do texto da reforma da Previdência ficará abaixo de R$ 900 bilhões. Após a votação do plenário, o Instituto Fiscal do Senado já havia adiantado que a economia seria menor. Nas contas do instituto, a economia pode ser até menor, de apenas R$ 744 bilhões.

O banco Itaú, no entanto, tem uma previsão parecida com a de Rogério Marinho, de R$ 865 bilhões.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!