Euro Atinge Mínimas de Dois Meses; Veja o que Esperar do Banco Central Europeu – Investing.com

Kathy Lien, diretora executiva de estratégia de câmbio da BK Asset Management

Na véspera de um dos do Banco Central Europeu (BCE) mais importantes do ano, o estava sendo cotado na mínima de dois meses em relação ao estadunidense. Dois dias antes do anúncio, a moeda única perdeu o patamar de 1,12 ao longo da noite e estendeu suas perdas durante o pregão de ontem de Nova York. Na medida em que todos falam sobre a possibilidade de um dos EUA, o BCE também pode reduzir as suas. Geralmente, eles gostam de preparar os investidores para grandes mudanças, razão pela qual devem dar um importante passo no sentido de alterar o prognóstico nesta semana.

O BCE pode facilmente aumentar a acomodação em julho, mas, com base nas mudanças na economia desde sua última reunião, tem a flexibilidade de esperar até que suas projeções econômicas sejam atualizadas em setembro. O sentimento empresarial caiu e a se enfraqueceu, ao passo que os cresceram, o melhorou e a subiu. Com isso em mente, a perspectiva geral ainda é nebulosa. A baixa inflação é um problema sério para o banco central, já que o índice de preços ao consumidor (IPC) gira em torno de 1,3% na zona do euro. O crescimento de 0,4% do também está bem abaixo da tendência, e a ameaça de tarifas sobre a Europa pode reduzir ainda mais a perspectiva.

Alguns economistas preveem um em setembro, mas o banco central pode ser mais agressivo, ao optar por um pacote de medidas acomodatícias que inclui compras de ativos e corte da taxa de depósito. Tecnicamente, o afundou completamente. Se o BCE for suficientemente moderado, o par pode perder sua mínima de dois anos a 1,1106. No entanto, se soar evasivo de alguma forma, abrirá caminho para uma enorme reversão no EUR/USD antes da na semana que vem, quando o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) deve reduzir as taxas de juros pela primeira vez desde a crise financeira global.

O se valorizava em relação a todas as principais moedas, apesar da redução . O teve o pior desempenho, seguido do . A caiu devido mais ao do que pela confirmação de Boris Johnson como primeiro-ministro. O mercado descontou sua vitória e encarou com serenidade seu comentário de respeitar a data de 31 de outubro para o Brexit. Com isso em mente, a falta de concessão na voz de Johnson pode tornar difíceis as próximas semanas para a libra.

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!