BR Distribuidora é Compra? | Investing.com – Investing.com

A Petrobras (SA:) vendeu quase metade de sua participação de 71 por cento em BR Distribuidora (SA:) e privatizou a companhia.

Menos uma empresa nas mãos do Estado e menos uma subsidiária tirando o foco da maravilhosa Petro. E agora? O que será da nova BRDT privada?

Rapidamente, o problema de BRDT é a margem menor do que suas competidoras Cosan (SA:) e Ultrapar (SA:).

Os otimistas dirão que, sem as amarras das estatais (licitação, burocracia, …), BRDT tem o caminho livre para crescer sua margem até o nível das privadas – uns +30 por cento.

Fonte: BR Distribuidora.

Mas a promessa é a mesma da época do IPO. A mesmíssima.

Ok, agora é mesmo mais provável que grandes fundos organizem a gestão da companhia e permitam ganhos de produtividade.

Tudo está lindo na apresentação de Powerpoint – mas estará lindo nas mesas de negociação com os enormes egos dos terninhos da Faria Lima?

Pra mim, tudo depende do preço.

A 11,5x Ebitda, BRDT negocia ao mesmo nível das desinteressantes Cosan e Ultrapar.

Muita coisa está embutida nesse preço. Muita melhora já passou do Powerpoint para o preço de mercado.

Ao preço atual, preferimos observar. BRDT está muito na moda, nas capas dos jornais.

Nos parece valer muito mais a pena comprar Petrobras (com melhor margem, ótima gestão e vendendo ativos) a 7x Ebitda crescendo +30 por cento ao ano (e recebendo os 11,5x de BRDT).

Acompanhe muito mais no Twitter: @BruceBarbosa88, no FB: BruceBarbosaOficial e LinkedIn: BruceBarbosaOficial

Publicação Original

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!