Confiança do empresário do comércio recua 1,1% em julho, aponta CNC

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), recuou 1,7% na passagem de junho para julho. Foi a quarta queda consecutiva, com o indicador atingindo 114,6 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos, o menor patamar desde novembro de 2018, de 109,8 pontos.

A queda foi provocada, principalmente, devido à avaliação negativa dos empresários do comércio em relação às condições atuais, de 2,7%, com destaque para a situação atual da economia, de 4,1%.

As expectativas dos empresários também recuaram 0,4%, assim como as intenções de investimentos 0,8%. O único componente com alta foi a avaliação sobre os estoques, que cresceu 0,7%.

Na comparação de julho deste ano com julho do ano passado, a confiança do empresário cresceu 10,3%. Houve altas da confiança no momento atual de 17%, na expectativa, de 8,7%, e de intenções de investimento, de 7,4%.

 

 

Edição: Fernando Fraga

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!