Um Empurrão do FGTS e o Vácuo do Setor Privado. Mercado Aguarda BCE – Investing.com

Adição de 0,35% do PIB em 12 meses. A falta de tração na economia levou o governo a tomar a medida de liberação do FGTS em diferentes fases, começando pelos R$ 500 iniciais, partindo para saques no aniversário das contas.

Esta adição de crescimento, dada a situação da atividade econômica no Brasil, equivaleria a tentar ligar um carro com bateria arriada empurrando, ao invés do uso de uma ligação direta, a popular ‘chupeta’.

Ou seja, até ajuda, mas a eficácia é muito mais limitada.

A ausência dos gastos do governo infelizmente pesa numa economia que se acostumou corriqueiramente a ter a ajuda estatal sempre que o cenário se tornava insustentável.

O problema é exatamente corrigir uma insustentabilidade econômica com uma fiscal, o que nos levou historicamente a ciclos de recuperação, seguidos de inflação cavalar, altas de juros e consequente nova recessão.

Resta ao setor privado preencher o vácuo deixado pelo governo, o qual pode ser permanente e aí sim, ser o empreendedor da recuperação econômica. Da parte governamental, restam as reformas estruturantes e os juros, estes na berlinda de serem cortados, ainda que não na atual reunião do COPOM, pela expectativa com a reforma.

Hoje teremos a decisão de juros do BCE e grande expectativa quanto à possibilidade de estímulos adicionais à Zona do Euro, conforme sinalizado recentemente pela autoridade monetária. Os programas de alívio quantitativo podem sem alterados, principalmente em vista à situação de bancos como o Deutsche Bank.

Na agenda econômica, destacam-se os pedidos de bens duráveis e de capital, vendas ao varejo e estoques nos EUA, além obviamente da aguardada decisão de juros do BCE e as declarações de Mario Draghi.

Na agenda corporativa, localmente Ambev (SA:), Bradesco (SA:) e Ecorodovias (SA:) e no exterior, Amazon (NASDAQ:), Alphabet (NASDAQ:), Roche, Intel (NASDAQ:), Comcast, Unilever (LON:), Inbev, Starbucks, 3M, Diageo (LON:), Volkswagen, Bristol-Myers Squibb, BASF, T-Mobile, Danone, Telefonica (MC:), Aflac, Dow, Bradesco, Nissan, Nokia, Herhsey, VeriSign, Expedia, Carrefour (SA:), Vodafone (LON:) e Mapfre.

CENÁRIO POLÍTICO

Os envolvidos no roubo de dados de celulares de autoridades, em especial o ministro Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol confessaram o crime e agora o cenário gira em torno da esfera policial.

No âmbito político, o desenho no senado para o avanço das reformas parece mais suave do que ocorreu na câmara e caso o governo não atrapalhe, a tendência é de trabalhos dentro do período esperado.

ABERTURA DE MERCADOS

A abertura na Europa é sem rumo e os futuros NY abrem em alta, na expectativa pelas declarações do BCE.

Na Ásia, o fechamento foi positivo, com a puxada de empresas de semicondutores.

O opera em queda contra a maioria das divisas, enquanto os Treasuries operam negativos em todos os vencimentos.

Entre as commodities metálicas, altas, destaque à .

O abre alta, com estoques em queda nos EUA.

O índice de volatilidade abre em alta de 2,40%.

CÂMBIO

Dólar à vista : R$ 3,7736 / -0,02 %

Euro / Dólar : US$ 1,11 / 0,063%

Dólar / Yen : ¥ 108,06 / -0,120%

Libra / Dólar : US$ 1,25 / 0,056%

Dólar Fut. (1 m) : 3769,86 / -0,08 %

JUROS FUTUROS (DI)

DI – Julho 20: 5,39 % aa (-0,12%)

DI – Janeiro 21: 5,41 % aa (-0,18%)

DI – Janeiro 23: 6,27 % aa (-0,63%)

DI – Janeiro 25: 6,84 % aa (-0,44%)

BOLSAS DE VALORES

FECHAMENTO

: 0,40% / 104.120 pontos

: -0,29% / 27.270 pontos

: 0,85% / 8.322 pontos

: 0,22% / 21.757 pontos

: 0,25% / 28.594 pontos

: 0,61% / 6.818 pontos

ABERTURA

: -0,221% / 12495,26 pontos

: 0,277% / 5621,41 pontos

FTSE: 0,218% / 7517,81 pontos

Ibov. Fut.: 0,32% / 104434,00 pontos

S&P Fut.: 0,053% / 3023,20 pontos

Nasdaq Fut.: -0,358% / 8009,25 pontos

COMMODITIES

Índice Bloomberg: 0,16% / 79,45 ptos

Petróleo WTI: 0,91% / $56,39

:0,95% / $63,78

: 0,10% / $1.427,22

: -0,14% / $120,25

: 0,58% / $15,55

: -0,41% / $423,00

: 0,15% / $100,90

: 0,33% / $12,10

Abertura de Mercados

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!