Justiça bloqueia imóveis de Ronaldinho Gaúcho, garoto-propaganda de empresas de criptomoedas e forex – Portal do Bitcoin

A Justiça do Rio Grande do Sul bloqueou 57 imóveis no nome do ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho, que ultimamente vinha se dedicando a propagandas de negócios nos setores de Forex e criptomoedas. Segundo a Folha de São Paulo, o jogador acumula milhões em dívidas oriundas de multas e impostos.

De acordo com o jornal, a Justiça está em busca de valores em nome do ex-jogador e para isso intimou, também, o Atlético-MG e a Nike do Brasil, patrocinadora do ex-atleta, para se manifestarem nos autos.

Ronaldinho deve mais de R$ 9 milhões

Um dos valores informados pelo site se refere a uma multa ambiental de R$ 9,5 milhões que faz parte de um processo que corre desde 2009. O processo foi instaurado após ação da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente. 

O objetivo da autarquia era averiguar danos ambientais causados pelo ex-jogador, seu irmão, Roberto de Assis Moreira, e a Reno Construções e Incorporações — a construtora havia construído em área de preservação permanente, diz a Folha.

Outras dívidas são referentes a protestos em três cartórios registrados na capital gaúcha e que somam R$ 7,8 milhões.

No total, Ronaldinho deve, em IPTU entre outras taxas, exatos R$ 9,91 milhões, conforme informou a auditoria-fiscal da receita municipal ao jornal.

Proibido de deixar o Brasil

Ronaldinho tem cidadania espanhola, mas não pode deixar o Brasil, pois seus passaportes estão retidos pela Justiça desde que não pagou uma multa ao Ministério Público do Rio Grande do Sul.

O advogado de defesa de Ronaldinho negou que seu cliente tenha títulos protestados.

“Com o município, não tem dívida ativa. Os IPTUs foram parcelados. Se você pesquisar na data de hoje, tem alguns meses que os protestos foram cancelados”, esclareceu ele à Folha.

No entanto, procurada pela reportagem, a prefeitura informou que Ronaldinho tem nove dívidas protestadas e não negociadas, cujo valor em aberto alcança R$ 7,88 milhões.

Ronaldinho Gaúcho está aposentado desde 2015. O Atlético-MG informou que entre 2016 e 2018 pagou ao atleta R$ 830.165,00 pelo rompimento contratual feito em 2014. 

Ronaldinho divulgou mercado Forex

O caso mais recente que envolveu o nome de Ronaldinho foi a suspensão, pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), de atividades da empresa LBLV, cujo garoto-propaganda era o ex-jogador. A instituição negociava contratos derivativos que envolviam pares de moedas estrangeiras.

De acordo com a lei, contrato derivativo, independente dos ativos envolvidos, é uma espécie de valor mobiliário e somente pode ser transacionado sob o crivo da CVM.

A decisão foi publicada em 19 deste mês no Diário Oficial da União. Nela consta a seguinte alegação: “a captação irregular de clientes para a realização de operações com derivativos em geral e no denominado mercado Forex (Foreign Exchange)”.

Recentemente a CVM lançou um site de alertas e nele trata do Forex. Nessa página consta que a CVM não autorizou até hoje empresa alguma a atuar no negócio de Forex no Brasil.

MMN com relógios

Depois do fracasso com uma criptomoeda que levava seu nome, a RSCoin — de Ronaldinho Soccer Coin — em março deste ano, o ex-jogador anunciou a criação da ‘18kRonaldinho’, uma empresa de marketing multinível cujos produtos seriam relógios.

O associado pagaria R$ 999 e receberia quatro relógios, que poderiam ser vendidos por até R$ 600 cada e assim geraria o lucro. A marca do relógio foi criada pelo empresário Marcelo Lara, que junto com o atleta fundou a empresa.

Clique aqui e siga o Portal do Bitcoin no Instagram


 Compre criptomoedas na 3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

O post Justiça bloqueia imóveis de Ronaldinho Gaúcho, garoto-propaganda de empresas de criptomoedas e forex apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!