Dólar renova máxima em 3 semanas, perto de R$3,80 Por Reuters – Investing.com

© Reuters. (Blank Headline Received)

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar renovou nesta terça-feira a máxima em três semanas, aproximando-se de 3,80 reais, mas ainda caminha para fechar o segundo mês consecutivo de queda, na expectativa pelas decisões de política monetária no Brasil e nos Estados Unidos.

O dólar à vista subiu 0,19% nesta terça, a 3,7909 reais na venda.

É o maior nível para um fechamento desde 8 de julho (3,8081 reais).

Faltando uma sessão para o fim do mês, o dólar acumula queda de 1,30% em julho, depois de baixa de 2,13% em junho.

Boa parte dessa queda decorre da expectativa de que o Federal Reserve (o banco central dos EUA) corte juros e, assim, aumente a liquidez, a qual poderia migrar para mercados como o Brasil, elevando a oferta de dólares e consequentemente baixando o preço da moeda.

Mas no mercado cresceram dúvidas sobre uma sinalização mais contundente do Fed de novas reduções de juros à frente, o que poderia ditar uma reversão do recente movimento em moedas de risco.

O receio é de um salto na volatilidade, que elevaria a demanda por proteção e, portanto, por moedas tidas como seguras –caso do dólar e do , por exemplo.

O risco de aumento da volatilidade se destaca conforme as medidas de incerteza para as taxas de câmbio no mundo operam perto de mínimas em cinco anos. Tanto o índice de volatilidade cambial para divisas do G10 quanto o de volatilidade para moedas emergentes –ambos do Barclays– operam em torno dos menores níveis desde 2014.

A volatilidade implícita das opções de dólar/real para três meses oscilava em torno de 10,86% ao ano, perto das mínimas desde julho de 2014.

“Temos estado preocupados com o nível excessivamente baixo de volatilidade cambial e não acreditamos que isso é sustentável no longo prazo”, disseram estrategistas do BofA em nota a clientes. “Muito da discussão recente sugere que o atual mix de política, que depende muito da monetária, não é sustentável e pode eventualmente a levar a fortes ajustes nos mercados.”

Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!