Fãs de Bitcoin invadem Facebook da Receita Federal e ironizam novas regras sobre declaração – Portal do Bitcoin

Fãs de Bitcoin voltaram a ironizar a Receita Federal no Facebook na segunda-feira (05), depois que o órgão fez um post na rede social sobre a declaração de operações com criptomoedas que entrou em vigor no dia 1º de agosto.

Como se sabe, todos os usuários de criptomoedas do Brasil que tiverem uma movimentação a partir de R$ 30 mil reais deverão notificar mensalmente o órgão.

Uma ação parecida já havia acontecido em maio deste ano quando muitos comentaristas debocharam das regras impostas pela autarquia.

Na manhã da segunda, a página da Receita escreveu:

“Operações com criptoativos devem ser informadas à Receita Federal. Instrução Normativa RFB 1.888, que disciplina o tema, passou a produzir efeitos a partir de 01/08”.

Logo começaram as críticas e os deboches.

O usuário Renan Dalvi riu:

(Reprodução/Facebook)

Ariel Veloso, que em maio também havia deixado sua crítica, voltou para novamente puxar a orelha da Receita.

“Vcs não levaram em conta toda a estrutura de ter criptoativos, a pessoa precisa entender como funciona, ter um estudo antes, estar por dentro das notícias do mercado, investir em segurança pra carteira… ai vem a receita querendo dificultar mais ainda”.

(Reprodução/Facebook)

Pelo coraçãozinho e pelas curtidas em seu comentário, Gabriel Rodrigues parece ter sido irônico.

(Reprodução/Facebook)

Natália Rizaffi foi contra a corrente e achou que declarar é uma atitude prudente e alerta:

(Reprodução/Facebook)

Seiji Jouta apostou na defensiva:

“Se a RFB for a fundo, vai descobrir que seus auditores são os caras que mais mineram”.

(Reprodução/Facebook)

Teve também figurinha:

(Reprodução/Facebook)

Munido da natureza das criptomoedas, Junio Nepomuceno atacou:

“Quer regular um mercado que vocês nem conhecem. Máximo que vocês vão conseguir é taxar as exchange ou os troxas, xD”.

(Reprodução/Facebook)

Há vários comentários que não requerem explicação.

(Reprodução/Facebook)

A publicação da Receita deixou um link para um texto que trata da Instrução Normativa —  IN 1.888/2019, sobre prazos, quem é obrigado a declarar criptoativos, dentre outras informações.

Junto, as hashtags #receitafederal #Fiscalizacao #criptoativos

Até a tarde desta terça-feira (06), o post havia recebido mais de 500 reações, na maior parte de gargalhadas, 144 comentários e 145 compartilhamentos.

Receita Federal e criptomoedas

Conforme a Receita, as operações com criptomoedas terão de ser declaradas à Secretaria da Receita Federal a partir de 1º de agosto. No entanto, a regra deixa uma série de dúvidas.

Confusa e com mais encargos, a norma da Receita pode prejudicar exchanges brasileiras porque ainda há questões que não parecem ter sido bem elucidadas para o setor.

A única certeza que os atores do mercado têm é de que todas as operações feitas por exchanges brasileiras terão de ser informadas mensalmente à Secretaria da Receita Federal, independentemente do valor.

Já os P2Ps, pessoas que transacionam de carteira para carteira, também estão na mira. Isto porque para a Receita as OTCs (balcões de negociação de criptomoedas) se enquadraram como uma espécie de exchange.

A questão é que o P2P que não for pessoa física pode ser tratado também como uma corretora — a diferença entre P2P e OTC seria apenas o volume transacionado.

Se você é Pessoa Jurídica e opera cripto, é praticamente consenso lá que você é uma exchange. Ou seja, um P2P é na verdade, uma exchange para a lei”, disse Carlos Lain, criador da PagCripto.


Compre Bitcoin na Coinext

 Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.b

O post Fãs de Bitcoin invadem Facebook da Receita Federal e ironizam novas regras sobre declaração apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!