Economistas veem mais chances de recessão nos EUA em 12 meses – Exame

A taxa de expansão média na maior economia do mundo seria de 2,3% este ano, abaixo do ritmo de 2,5% previsto em uma pesquisa de julho

Por Catarina Saraiva, da Bloomberg

access_time 10 ago 2019, 08h00

A probabilidade de uma recessão nos Estados Unidos nos próximos 12 meses subiu para 35% em um levantamento realizado em agosto com economistas, em relação aos 31% da consulta anterior, um reflexo da escalada das tensões comerciais que aumentam as incertezas sobre o rumo da economia.

A taxa de expansão média na maior economia do mundo seria de 2,3% este ano, abaixo do ritmo de 2,5% previsto em uma pesquisa de julho. O PIB deve desacelerar para um ritmo anualizado de 1,8% no terceiro trimestre em relação aos 3,1% nos três primeiros meses do ano e de 2,1% no segundo trimestre.

“As tensões comerciais estão desnecessariamente sacudindo os mercados financeiros, o que poderia desestabilizar uma economia estável”, disse Parul Jain, estrategista-chefe de investimentos da Macrofin Analytics em Wayne, Nova Jersey, em comentários incluídos na pesquisa.

Na semana passada, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou novas tarifas sobre produtos chineses importados, programadas para entrar em vigor em 1º de setembro, o que derrubou os mercados ação globais.

O índice de ações S&P 500 acumula queda de mais de 3% desde 31 de julho, dia em que o Federal Reserve cortou as taxas de juros pela primeira vez desde 2008, para um intervalo de 2% a 2,25%, em uma tentativa de dar continuidade ao crescimento econômico.

Economistas anteciparam o próximo corte dos juros pelo Fed de dezembro para setembro e agora esperam uma redução de 0,25 ponto percentual na taxa de referência, para um intervalo de 1,75% a 2%, na próxima reunião, segundo a pesquisa.

As previsões de crescimento global para 2019 também foram reduzidas, de 3,3% para 3,2%.

A pesquisa da Bloomberg foi realizada entre os dias 2 e 7 de agosto.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!