Seria a Volta da CPMF? O que Esperar para Semana? – Investing.com

Panorama de Mercado

Encerramos a semana com mais uma etapa da Reforma da Previdência concluída. Na terça-feira (06/08) tivemos a votação, em segundo turno na Câmara dos Deputados, do texto-base da Reforma da Previdência. Os dois turnos de votação é uma exigência da Constituição Federal devido a Reforma da Previdência ser uma PEC (proposta de emenda à Constituição). Com a aprovação em segundo turno, com 370 votos a favor, agora a Reforma será encaminhada para análise e votação do Senado. Lembrando que o texto-base aprovado prevê uma economia de R$ 933,5 bi em 10 anos. As notícias animaram o mercado financeiro, e fizeram com que nosso mais importante índice de ações fechasse a semana com uma recuperação de quase 1,5%. O resultado só não foi mais positivo devido viés externo negativo, com a guerra comercial entre China e EUA como foco. Vale ressaltar que o iniciou a semana fazendo mínima nos 99000 pontos, patamar esse abandonado desde junho deste ano. O Ibovespa fechou a semana permanecendo na casa dos 103.996.16 pontos, colado no milhar dos 104000 pontos e seu derivativo, o índice futuro, fechou a semana em 103960 pontos.

No cenário nacional, o próximo desafio no Congresso Nacional que vem deixando os investidores atentos é a proposta de reforma tributária. Isso porque a nova proposta tem alto grau de complexidade e ainda pode vir a ser um embaraço em relação aos investimentos. A proposta prevê a extinção de tributação sobre folha salarial, isso quer dizer que os empregadores estariam livres da alíquota de 20% cobrada por meio da contribuição previdenciária. Isso tudo visando um estímulo na geração de empregos. Em contrapartida, seria instituído uma contribuição eletrônica sobre pagamentos e também movimentações financeiras, ou seja, qualquer fluxo de pagamentos. Isso quer dizer que a tributação seria cobrada na entrada e também na saída do dinheiro em conta, em outras palavras, tanto sobre débitos quanto sobre créditos. Não querendo comparar, mas já comparando, o novo imposto é muito semelhante à extinta CPMF (Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira), para quem não lembra a última taxa da CPMF foi de 0,38%, e essa tributação nova já chega cobrando cerca de 0,5 a 0,7%. Apesar do atual Presidente, Jair Bolsonaro, já ter rejeitado o termo e a contribuição nos moldes da antiga CPMF, o tema gera tensão entre os investidores e apreensão no Mercado.

No mercado internacional, as principais bolsas mundiais têm passados por dias de turbulência devido a intensificação da guerra comercial entre China e EUA, além dos temores a respeito de uma possibilidade de guerra cambial. A depreciação da moeda chinesa, o yuan, foi uma provocação da China e também uma resposta a retaliação ao aumento das tarifas comerciais implementadas por Donald Trump. Para quem não entendeu como a coisa funciona, países desvalorizam suas próprias moedas para que seus produtos sejam mais competitivos, ou seja, para que os produtos que exportam sejam mais baratos. A tensão só aumenta com a valorização do , pois é a confirmação de que investidores estão buscando refúgio nessa moeda forte para se protegerem da volatilidade.

A seguir, temos o fechamento de alguns ativos e índices:

– 103996.16 pontos;

de – 103960 pontos

Petrobras PN (SA:) – 26,28 reais

Vale do Rio Doce (F:) ON – 45,49 reais

Banco Itaú (SA:) PN – 36,72 reais

Banco Bradesco (SA:) PN – 34,48 reais

Ambev (SA:) ON – 20,07 reais

Futuro – 3950,50 reais

– 26287.44 pontos

Índice S&P 500 – 2918.65 pontos

O que esperar para próxima semana…

Iniciamos a semana com a divulgação de mais alguns resultados de ações que compõem a carteira teórica do . Como de costume, na quarta-feira mais próxima do dia 15 de todos os meses pares temos vencimento de minicontratos futuros de Ibovespa. Sendo assim, na quarta-feira (14/08) teremos o último dia de negociação da série Q (WINQ19) e também vencimento de opções sobre Ibovespa. Na quinta-feira (15/08) será iniciada a negociação do derivativo correspondente a série V (WINV19).

Atenção a divulgação dos balanços do segundo trimestre (ações da carteira teórica do ):

  • Segunda-feira (12/08) – Cosan SA Industria e Comercio (SA:); Eletrobras Centrais Elétricas Brasileiras SA (SA:) ON; Eletrobras Centrais Elétricas Brasileiras SA PNB; Itausa – Investimentos Itaú SA (SA:); Magazine Luiza SA (SA:); Rumo Logística (SA:) Operadora Multimodal SA; YDUQS Part ON;
  • Terça-feira (13/08) – Bradespar SA (SA:); Equatorial Energia SA (SA:); Qualicorp SA (SA:);
  • Quarta-feira (14/08) – CEMIG (SA:) – Companhia Energética Minas Gerais Pref; Embraer SA (SA:); Kroton Educacional (SA:) SA; Marfrig Global Foods SA (SA:); SABESP (SA:) Cia de Saneamento Basico do Estado de São Paulo; Via Varejo SA (SA:);
  • Quinta-feira (15/08) – Natura Cosméticos (SA:) SA;
  • Sexta-feira (16/08) – JBS SA (SA:);
  • Fique atento para esses eventos (três touros):

  • Terça-feira – IPC-núcleo (Mensal) (julho) às 09h30;
  • Quarta-feira – Estoques de Bruto às 11h30;
  • Quinta-feira – Núcleo de Vendas no Varejo (Mensal) (julho), Índice de Atividade Industrial Fed Filadélfia (agosto) e Vendas no Varejo (Mensal) (julho) às 09h30;
  • Sexta-feira – Licenças de Construção (julho) às 09h30;
  • Tenham uma excelente semana.

    Liora Vanessa

    Este conteúdo visa ambientar/informar os investidores de uma forma simples sobre como o mercado tem se comportado, jamais devendo ser considerado como indicação de compra ou venda de qualquer ativo.

    Fonte Oficial: Investing.com.

    Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

    Comentários

    você pode gostar também

    Quer fazer parte de nosso grupo?

    Inscreva-se em nossa newsletter!