Boi Gordo: Mercado Firme | Investing.com – Investing.com

Por Felippe Reis e Rafael Ribeiro (Scot Consultoria)

Mercado firme na última terça-feira (13/8). Em São Paulo, os compradores abriram as compras com ofertas acima dos preços vigentes no dia anterior.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, o ficou cotado em R$155,50/@, a prazo e livre do Funrural. Nesses treze dias de agosto a cotação subiu 1,0% no estado.

A cotação da arroba do também subiu na Bahia (região Sul e Oeste), Noroeste do Paraná e no Sul de Tocantins, considerando o preço a prazo.

No restante das regiões, o mercado ficou está estável no dia 13/8.

Na média das trinta e duas praças pesquisadas pela Scot Consultoria, no acumulado de agosto a cotação da arroba do subiu 0,6%.

De olho nas exportações de

Nas duas primeiras semanas de agosto o volume médio exportado por dia aumentou 52,9% em relação a média de julho deste ano. No entanto, os preços do cereal no mercado internacional recuaram essa semana com a revisão para cima na produção norte-americana (USDA) e esta queda, se persistir, pode refletir nas exportações brasileiras.

Nas duas primeiras semanas de agosto o volume médio exportado por dia aumentou 52,9% em relação a média de julho deste ano. No entanto, os preços do cereal no mercado internacional recuaram essa semana com a revisão para cima na produção norte-americana (USDA) e esta queda, se persistir, pode refletir nas exportações brasileiras.

Nas duas primeiras semanas de agosto o volume médio exportado por dia aumentou 52,9% em relação a média de julho deste ano. No entanto, os preços do cereal no mercado internacional recuaram essa semana com a revisão para cima na produção norte-americana (USDA) e esta queda, se persistir, pode refletir nas exportações brasileira

Nas duas primeiras semanas de agosto o volume médio exportado por dia aumentou 52,9% em relação a média de julho deste ano. No entanto, os preços do cereal no mercado internacional recuaram essa semana com a revisão para cima na produção norte-americana (USDA) e esta queda, se persistir, pode refletir nas exportações brasileira

Nas duas primeiras semanas de agosto o volume médio exportado por dia aumentou 52,9% em relação a média de julho deste ano. No entanto, os preços do cereal no mercado internacional recuaram essa semana com a revisão para cima na produção norte-americana (USDA) e esta queda, se persistir, pode refletir nas exportações brasileiras.

Nas duas primeiras semanas de agosto o volume médio exportado por dia aumentou 52,9% em relação a média de julho deste ano. No entanto, os preços do cereal no mercado internacional recuaram essa semana com a revisão para cima na produção norte-americana (USDA) e esta queda, se persistir, pode refletir nas exportações brasileiras.

Fonte Oficial: Investing.com.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!