PIB do Brasil cresceu 0,2% no 2º trimestre, aponta monitor da FGV – Exame

Crescimento econômico avançou 0,7% na passagem de maio para junho

Por Estadão Conteúdo

access_time 14 ago 2019, 11h15

Rio – O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, segundo o Monitor do PIB, apurado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV). No segundo trimestre, o PIB cresceu 0,2% em comparação ao primeiro trimestre do ano, após um ligeiro recuo de 0,1% observada no trimestre anterior.

Em relação ao segundo trimestre de 2018, a atividade econômica cresceu 0,7% no segundo trimestre deste ano. A taxa acumulada em 12 meses manteve a alta de 0,9% no segundo trimestre, mesmo resultado observado no trimestre anterior.

“O crescimento de 0,2% da economia neste segundo trimestre, segundo o Monitor do PIB-FGV, põe a economia de volta à trajetória de crescimento que havia se perdido no primeiro trimestre. Entre os três grandes setores, a agropecuária e a indústria apresentam taxas negativas, salvando-se os serviços, que já apresenta taxas positivas há dez trimestres”, avaliou Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV, em nota oficial.

O crescimento de observado na passagem do primeiro trimestre para o segundo trimestre do ano foi puxado pelo setor de serviços, único dos três grandes setores de atividade a apresentar crescimento no período (0,3%). Sob a ótica da demanda, o consumo das famílias avançou 0,7%, enquanto a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF, medida dos investimentos no PIB) teve expansão de 2,3%.

“Os dados mostram que, apesar do crescimento, a economia ainda não consegue se expandir a taxas mais robustas”, completou Claudio Considera.

Na comparação do segundo trimestre de 2019 com o segundo trimestre de 2018, o consumo das famílias cresceu 2,1%. A FBCF teve elevação de 4,0%. As exportações avançaram 2,6%, e as importações tiveram alta de 4,5%.

Em termos monetários, o PIB totalizou aproximadamente R$ 3,469 trilhões em valores correntes no primeiro semestre do ano.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!