Desemprego de pretos e pardos continua acima da taxa de brancos – Exame

Segundo trimestre fechou com uma taxa de desemprego de 12%; entre pretos elas é de 14,5%

Por Estadão Conteúdo

access_time 15 ago 2019, 14h58

A taxa de desemprego entre os brasileiros que se declaram brancos (9,5%) permaneceu significativamente abaixo da taxa de desocupação dos autodeclarados pretos (14,5%) e pardos (14,0%) no segundo trimestre. A taxa de desemprego média global no período foi de 12%.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No segundo trimestre de 2019, a população desempregada totalizou 12,8 milhões de pessoas.

A participação dos pardos foi de 52,1%; a dos brancos reduziu, 34,7%; e a dos pretos, 12,2%.

“Os pretos, que individualmente não tem proporção tão grande na população, têm a taxa de desocupação mais elevada”, ressaltou Adriana Beringuy, analista da Coordenação de Trabalho e Rendimento o IBGE.

Outras dados do mesmo levantamento do IBGE mostram que no segundo trimestre, 3,347 milhões de pessoas procuravam trabalho há no mínimo dois anos. O contingente equivale a 26,2% dos desempregados e é o maior patamar para um trimestre desde 2012.

A dificuldade crescente em ingressar no mercado ajuda a explicar os 4,9 milhões de desalentados (aqueles que desistiram de procurar emprego) no segundo trimestre. Bahia e Maranhão são os estados onde se concentram a maior parte de pessoas com esse perfil.

Esse contexto também influencia a informalidade, destaca o IBGE.

Há atualmente no Brasil 19,4 milhões de trabalhadores por conta própria sem CNPJ, 11,5 milhões de empregados sem carteira assinada e 873 mil de empregadores sem CNPJ.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!