Dólar fecha abaixo de R$ 4; bolsa cai para menos de 100 mil pontos

Um dia depois de fechar no maior valor em três meses, o dólar comercial recuou nesta quinta-feira (15). A divisa fechou vendida a R$ 3,99, com queda de R$ 0,05 (-1,24%), depois de passar quase todo o dia acima de R$ 4.

A trégua no mercado de câmbio não se repetiu na bolsa de valores. Em queda pelo segundo dia seguido, o índice Ibovespa, da B3 (antiga Bolsa de Valores de São Paulo), encerrou a sessão aos 99.057 pontos, com recuo de 1,2%. Pela primeira vez desde 18 de junho, o indicador fechou abaixo de 100 mil pontos.

O mercado financeiro ainda reflete os temores de uma recessão global. Dados econômicos mais fracos que o esperado na China, segunda maior economia do planeta, e na Alemanha, a maior economia da Europa, fizeram as bolsas de valores caírem em todo o planeta.

No próximo dia 21, o Banco Central começará a vender dólares à vista das reservas internacionais, o que será feito pela primeira vez desde fevereiro de 2009. A operação marca uma mudança na política de intervenção cambial do banco, que até agora, usava apenas as operações de swap cambial tradicional (venda de dólares no mercado futuro) para segurar o dólar em momentos de alta.

Edição: Bruna Saniele

Fonte Oficial: EBC.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!